Maligno - James Wan do céu! || Resenha - Hospicio Nerd

Que fonte hein?

Sim meus caros malignos, cá estou eu para falar um pouco sobre esse novo longa de James Wan. E obviamente, quero lembrar de cara que essa resenha NÃO TEM SPOILER, e retrata apenas a MINHA OPINIÃO! Ou seja, não estou aqui para bater nenhum martelo e nem dar nenhum veredito sobre nada. Nossas resenhas tem como missão, apresentar a nossa impressão sobre o que vimos, e quem sabe convencer você a assistir e vir comentar com a gente o que achou.  Dito isso, BORA RESENHAR!

Maligno || Resenha Hospício Nerd

Warner

James Wan nos leva a uma viagem às suas origens, para quem não sabe ou se lembra, o diretor está por trás do primeiro Jogos Mortais. Acho que ficou bem claro que nesse novo projeto, o diretor tentou criar algo diferente, mas bebendo nas fontes que já existem. A trama nos apresenta Madison, uma mulher casada com um homem violento que a agride, e esse homem é vivido pelo Adam “Winchester”, lembra dele? Mas ao contrário do seu personagem em Supernatural, Jake Abel dá vida a um agressor, e honestamente a interação do personagem com sua esposa é de longe o momento mais aterrorizante do filme inteiro. E isso desencadeia os acontecimentos do resto do filme.

Madison começa a ter sonhos com pessoas sendo brutalmente assassinadas. Depois, ela acaba descobrindo que na realidade teve visões e o assassino é uma entidade chamada Gabriel, que faz parte de seu passado. E assim a trama se segue, com ela tentando desvendar os mistérios de sua mente ao mesmo tempo em que pessoas morrem!

Maligno || Resenha Hospício Nerd

Warner Bros. Entertainment Inc.

Mesmo com James Wan tentando voltar ao seu inicio, a comparação com outros filmes é inevitável, honestamente não sei se foi algo proposital ou não. Alguns momentos da história nos levam a pensar em Halloween, Sexta Feira 13, O Iluminado, Hora do Pesadelo e claro, Invocação do Mal.

Isso não é nem de longe um problema para mim, porém o modo como a história foi sendo desenvolvida não me agradou tanto. No começo você pensa que estamos lidando com forças do além vida, mas a realidade é outra. E eu preciso falar uma coisa, acho que é mais do que oficial, NÃO EXISTE FILME DE TERROR DENTRO DOS FILMES DE TERROR! Acho que em todo o universo do terror, existem dois clichês principais:

1 – JumpScare

2 – Ouvir um barulho e ir olhar sem nem ao menos ligar a luz!

Maligno || Resenha Hospício Nerd

Warner Bros. Entertainment Inc.

No fim das contas…

James Wan nos trás um filme novo com toques de filmes velhos. A ideia do grande vilão da história foi uma sacada muito interessante, mesmo que eu particularmente não tenha curtido o modo como a coisa foi levada. Algumas inconstâncias na habilidade de Gabriel por exemplo, que uma hora se esconde nas sombras como um fantasma e na outra está correndo da policia…

As atuações não foram lá tão impactantes, tirando é claro a cena do abuso doméstico. A direção foi bem trabalhada com cortes e ângulos de câmera que me deixaram empolgado, os efeitos especiais foram bem feitos e a movimentação do corpo de Gabriel ficou bem assustadora. Acho que a apresentação dele foi o que me tirou um pouco do filme, quando você percebe que não se trata de uma criatura do além vida, é tipo aquele bordão antigo: “não é magia, é tecnologia” e isso deu uma baita frustrada.

Claro que isso é A MINHA opinião, cabe a você ir aos cinemas ( que estão executando muito bem as regras de distanciamento ), assistir ao filme e tirar suas próprias conclusões. Assiste lá e volta aqui para gente resenhar junto! Então, como é comum da minha pessoa, vou dar aqui os meus Flavitos para esse filme, sinto muito aí James Wan, mas tome DOIS FLAVITOS =s

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários