{Resenha} Caçadoras de recompensas - Pecar e orar!! - Hospicio Nerd

Hello Peoples!!

Agora, vem fresquinho para vocês, a série Caçadoras de recompensas. Com sua temporada lançada recentemente na mamãe Netflix. Não pretendo dar spoiler, então deixa eu ser logo breve e dizer (Vale a pena). Mas após essa resenha por si só, você veja se é válido.

Caçadoras de Recompensas | Conheça a nova série da Netflix

Netflix

Na criação de Kathleen Jordan com a ajuda de Jenji Kohan, a série tem como objetivo retratar muitos problemas relatados no ensino médio. Tem o seu elenco formando pelos talentosos: Maddie Phillips como Sterling Wesley (irmã gêmea se Blair), Anjelica Bette como Blair (irmã gêmea de Sterling), Kadeem Hardisson como Bowser Jenkins, Virgínia Williams como Debbie Wesley (Mãe das gêmeas), Mackenzie Astin como Anderson Wesley (Pai das gêmeas), Method Man como Terrence Coin, Myles Evans como Miles Taylor, Spancer House como Luke Creswell, Davon Hales como April Stevens, Shirley Rumierk como Yolanda Carrion, Charity Cervantes como Hanna b., Wynn Everett como Ellen Johnson.

Com sua primeira temporada composta por 10 episódios, com duração entre 42 e 58 minutos cada.

Nela se trata sobre as gêmeas, Sterling e Blair, que bateram a picape de pai e precisam do dinheiro para o conserto. A saída é ajudar um caçador de recompensas na captura de um homem.

Temperado com humor e conflitos sobre o certo ou errado, a série é composta por discussões presentes na nossa sociedade e de como nada nem ninguém é 100% perfeito.

Ela faz menção de uma comunidade altamente religiosa, onde seguem rigorosamente os pontos de pureza, castidade e andar conforme as vontades de Deus. Mas isso é o que elas não fazem. As mesma sofrem constantemente com a pressão religiosa, escolar e em seus relacionamentos. Entram em conflitos internos sem saber o que é certo ou errado, enquanto são caçadoras de recompensas.

Caçadoras de Recompensas | Saiba de onde você conhece o elenco

Netflix

Com um gráfico lindo e com sua história cheia de surpresas, nela apresenta fielmente como são as pessoas por dentro e por fora. Trata de questões sobre, sexualidade, racismo e empoderamento. O medo de errar, de não ser suficiente, de ser julgado ou excluído. O medo de não ser encaixado, de não ter a honra que os pais tanto querem. A série é repleta de assuntos que são bem presentes em nossa sociedade, desde sempre.

“Sabe aquele seu vestido favorito que você usa por anos e de repente um dia você olha no espelho e por algum motivo não combina mais com você ? E você não sabe porque mas é assim. O mesmo vale para as pessoas, nem todo mundo combina com você, não é culpa de ninguém, isso acontece filha.”

No decorrer da série você se emociona e rir de várias cenas inesperadas, cada detalhe conta, e a comunicação entre a gêmeas, faz ser algo próprio delas. O conservadorismo, as mentiras, vão dando emoção na idas e vindas, nós fazendo ter curiosidade para o que possa vir. 

Mas, sem mais conversa fiada. Liga na aclamada Netflix, pega tua pipoca, senta e se prepara para um surra de críticas sociais. Vamos orar!

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários