{Resenha} Dançarina Imperfeita! - Encontre sua batida e dance meu bem! - Hospicio Nerd

INAIMMMMM TUXOS E TUXAS DANÇARINOS DO NOSSO HOSPÍCIO!

Para ficar bem explícito: “Mammy Netflix você é tão gostosa quanto um cupcake de chocolate”, é inegável o fato de que um filme de dança equivale a sucesso garantido, ainda mais quando o ritmo é gostoso e a história também! Estreou no dia 7 de agosto a comédia-dance-romântica Dançarina imperfeita, ou como o título origina sugere Work it! E num é que a plataforma acertou de novo com um daqueles filmes leves e que tem vários pontos positivos, lógico além de muita dança para integrar o seu vasto cardápio de opções que tem feito companhia para muita gente nessa pandemia!  Sempre deixando bem claro, que nós do HN não damos spoiler! E é você quem decide se VALE ou NÃO VALE a pena ver o que estamos resenhando tá querida! Agora que você já está ciente, que tal encontrar sua própria batida e sair dançando por aí!

Netflix

Dirigida por Laura Terruso e roteiro escrito por Alison Peck teve sua produção por Alicia Keys, Sabrina Carpenter, Elysa Koplovitz Dutton, Leslie Morgenstein e Jeremiah Samuels associados à STX Films, Alloy entertainment,A.K. Worldwide Productions e Netflix, essa equipe teve o prazer de ter a Coreografia de AAkomon Jones, que foi privilegiado pela direção de elenco de Rich Delia e Stephanie Gorin que escolheu muito bem os amadinhos Sabrina Carpenter, Jordan Fisher, Liza Koshy, Keiynan Lonsdale, Michelle Buteau Drew Ray Tanner que contaram com a supervisão musical de Andrea Von Foerster e Michelle Johnson, esse conjunto facilitou com um trabalho bem feito a edição de Andrew Marcus, resultando em um filme daqueles bem gostosinhos de se ver. Figurinos extravagantes, músicas com muita batida, passos de dança contemporânea, atores bailarinos, locações na medida certa, ambiente escolar e um enredo bem teen formam a receita do sucesso que está fazendo na plataforma entre os Top 10 da semana. Temos que convir que efeitos visuais combinados com música bem coreografada é de fato um entretenimento que chama a atenção de quem quer ficar em casa fugindo do vírus.

Netflix

A comédia romântica da Netflix conta a história de Quinn Ackerman (Sabrina Carpenter) que ao estraga uma apresentação do grupo de dança de sua escola fazendo a iluminação, apesar de ser uma garota muito dedicada aos estudos, conserva boa notas e segue uma série de regras para preencher um bom currículo para entrar na universidade dos seus sonhos a Duke University, é eliminada da equipe de produção pelo então coreógrafo e dançarino Julliard (Keiynan Lonsdale). Até então para ela não era tão importante até que fez a entrevista com a recrutadora da Duke e descobre que depende de vencer o concurso de dança Work it para garantir sua vaga. Daí em diante ela conta com sua melhor amiga de infância e colega Jas (Liza Koshy) para ensiná-la a dançar e entrar no grupo Thunder Bird e assim garantir a atividade extra curricular para seu histórico escolar, mas a moça não consegue seu intento e é assim que ela e sua amiga compram a briga e decidem formar seu próprio grupo de dança. Mas ainda tem mais coisas a serem feitas, como convencer o dançarino e coreógrafo Jake Taylor (Jordan Fisher) vencedor dos concursos anteriores a ajudá-la com seu grupo formado por alunos rejeitados que nunca dançaram ou ensaiaram uma coreografia antes. A jornada está pronta, e só conferindo para saber até onde Quinn e sua turma chegarão para vencer!

Netflix

Para começar vou falar bem desse filme, já que essa ideia leve e com enredo gostoso que envolve um ambiente escolar, música, dança e competição é algo bem sadio em tempos de isolamento social e serve para matar a saudade de muita gente. Dançarina imperfeita, como todos os filmes lançados nos últimos tempos também aborda assuntos diferentes, como a inclusão dos deficientes físicos nos esportes e na dança, o que eu achei bárbaro ao ver os dançarinos portadores de deficiência participando do filme e mostrando que não há limites para quem quer aprender e arrasar. Outro lance interessante é uma espécie de acorda para o que você é realmente bom, quando acompanhamos o trabalho de Quinn e Jas recrutando os dançarinos para seu novo time de amadores, resultando num grupo bem atípico e completamente sem técnica suficiente para vencer um concurso cheio de bons dançarinos. Mas o roteiro vai nos levando com a ideia de que quem quer fazer algo realmente tem que se empenhar e manter o foco e a vontade em alta para chegar ao menos perto do almejado.

Netflix

O humor é conservado de maneira brilhante, nota-se isso na interação entre os atores mais jovens e os veteranos do cinema cômico, o que gera boas gargalhadas e prende a atenção do público. Mas como comentei anteriormente, as partes engraçadas realmente seguram a nossa atenção e temos que tirar o chapéu para Liza Koshy que nos proporciona excelentes cenas engraçadas, principalmente quando ela demonstra seu amor platônico pelo vendedor de colchões interpretado por Drew Ray Tanner, que diga-se de passagem é muito gato. Isso nos leva a um comentário necessário, temos que destacar que esses novos atores são muito bem equipados de talento, já que além de interpretar muito bem, também são exímios dançarinos e posso garantir que têm muita energia para isso. É um show de dança e música muito bom de se ver, desde os figurinos exagerados até as trilhas sonoras bem dançantes que formam um conjunto delicioso que você só sente que assistiu uma hora e trinta e três minutos de filme somente no final dele.

Netflix

Mais uma aposta bem sucedida que entra para o cardápio delicioso da Netflix. Podemos dizer que desde Dirty Dancing com Patrick Swayze e Jennifer Grey, os filmes de dança sempre têm uma boa aceitação pelos vários tipos de públicos de todas as idades e não é diferente nessa nova produção da nossa Mammy, realmente ficou bem feito, cheio de talentos e muita dança para fazermos uma higiene mental daquelas, já que estamos ficando mais dentro de casa. A produção é cheia de energia e pelo visto a nova equipe de dança da Escola Woodbright High vai ter que dar o máximo de si para conseguir vencer e durante esse trajeto a diversão é garantida para quem gosta desse tipo de filme, que tem como protagonista um concurso de dança e uma nerd desajeitada que precisa aprender a ter coordenação motora para conseguir uma vaga de estudos. Já vou logo falando, corre lá e assiste e depois volta e deixa nos coments sua opinião tá! ADOROOOOOOOO #CHOCOBJS #FIQUEEMCASASEPUDER #MARMOTANDO

E agora todo domingo as 14:00 horas no IG TV do @marmotinhabh teremos as LIVES MARMOTANDO com Hospício Nerd, dando dicas das plataformas NETFLIX, AMAZON PRIME e claro falando de Masterchef Brasil 7ª Temporada! Vem com a gente e se jogaaaaaa! #CHOCOBJS

 

 

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários