{Resenha} Diablero - Os mexicanos sabem fazer terror! - Hospicio Nerd

INHAIIIIIII TUXAS E TUXOS DIABLEROS! PERO QUE SÍ!

Como eu amo a Mamãe NETFLIX não paro de fazer resenhas das séries e mini-séries! E dessa vez eu vou falar da segunda temporada de DIABLERO! Isso mesmo, vamos falar sobre esse submundo mexicano cheio de demônios e anjos que inspirou uma história baseada na mitologia asteca! Cada vez mais as séries de teor paranormais tem ganhado a atenção dos telespectadores. Após os anjos abandonarem a cidade do México a mercê dos demônios, um grupo de diableros. espécie de exorcistas que também evoca demônios, se unem para combater as tentativas do inferno de acabar com o mundo dos vivos!

A imagem pode conter: texto

A segunda temporada da série vem com tudo, os criadores Pablo Tébar e José Manuel Cravioto mantiveram o mistério do desaparecimento de Mayakén Infante (Matias Del Castillo) filho de Keta Infante (Fátima Molina), a irmã do nosso amado e louco Elvis Infante (Horácio Garcia Rojas)! Nancy Gama (Giselle Cury), Padre Ramiro Ventura (Christopher von Uckermann), Isaac (Humberto Busto) e suas duas filhas loucas continuam compondo o time de Diableros que vão mais uma vez salvar o mundo das garras do inferno! Mas antes disso, para quem já viu a primeira temporada, Desta vez, a trama acontece algum tempo depois dos acontecimentos apocalípticos do final da primeira temporada. Os negócios de Elvis andam de mal a pior já que a população preferiu conviver com seus demônios e, assim não há o que caçar. Keta continua sem saber o paradeiro do filho, Nancy se empenha em ter uma vida normal e Ventura, nem vivo nem morto, continua no inferno ou numa dimensão entre a vida e a morte no lugar de sua filha Mariana. De alguma forma ele consegue enviar mensagens para cada um de seus amigos e assim, Elvis, Nancy e Keta se esforçam para encontrar e resgatar o padre!

A imagem pode conter: 2 pessoas

Foi fácil não, mas eles conseguiram abrir um portal numa lavadora de roupas e juntos partem para o limbo e encontram Ramiro preso numa embarcação da morte, completamente sem memória. Após o resgate do “padreco”, os nossos heróis mundanos, errantes e carismáticos que possuem cada um seu mundo problemático e cheio de traumas estão juntos novamente. Elvis para libertar todos do Mictlan vende sua alma para a morte, Keta para descobrir se Mayakén está vivo se envolve com o clã de Lupe, Nancy e Ventura começam a ter um caso muito louco e o índio Isaac e suas filhas faliram depois de derrotarem as quatro crianças do Apocalipse de Mamãe Chabelá, assim como todos os diableros. Uma confusão é o temo certo para descrever o drama de cada um dos personagens mexicanos com dons sobrenaturais!

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé e área interna

Nesse cenário muito louco aparece outra missão para os nossos ticas e ticos corajosos, encontrar o demônio que está matando as diableras do clã de Lupe (Ela Velden) e eleminá-lo de uma vez por todas. Mas, como sempre, o buraco é mais embaixo e as coisas não saem como previsto. Depois de atrair o monstro usando lágrimas de demônio, uma droga conhecida no submundo como LDD e fabricada pelas diableras, eles se depararem com Ahuizotl, um demônio quase indestrutível que na verdade é o homem misterioso do mercado, Alejandro, para a surpresa de Nancy. Mas a coisa fica mais complicada ainda quando todos ficam sabendo que o tal é na verdade Tepoz, um aprendiz de diablero de Elvis que foi possuído e que todos achavam estar morto e que ainda é o tutor do filho de Keta, que já não é mais um bebê!

A imagem pode conter: 1 pessoa

Essa temporada deixou muitos que gostaram da primeira satisfeitos. Além de ter explicado como foi o sequestro da criança, que achávamos estar com Mamãe Chabelá, trouxe mais informações sobre Keta e Elvis com flashbacks, além de novos personagens com personalidades fortes e marcantes, como as diableras, um clã de mulheres que sabem usar muito bem seus “poderes” tanto para combater demônios, quanto para iludir homens. As técnicas para resolver os problemas do outro mundo continuam bem atípicas e dentro dos rituais e conhecimentos astecas. E como não deveria faltar, muito sangue, gente picotada, cabeças decepadas, monstros, cenários grotescos, muita feitiçaria e anjos. Pois é, os anjos estão voltando meus queridos, acredito eu que eles nem abandonaram a cidade do México! Tem mais, nos minutos finais do último episódio, os acontecimentos nos levam a crer que a próxima temporada pretende nos transportar para o México no período de sua colonização. Portanto, estou apostando que poderá ser interessante e curiosamente gratificante descobrir como se dará o confronto do México recém invadido e seus colonizadores!

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Tem quem goste e tem quem  não goste da temática, da produção, dos atores e da direção da séries, eu particularmente gostei muito! Tanto a trama, que pode ter suas falhas, quanto os personagens me prenderam em frente a telinha e me levaram para o mundo mexicano com muitas “Gracias”! Agora me diz, como não ficar satisfeito com a nossa amada Mamãe? Eu assisti a primeira temporada numa sentada, a segunda foi do mesmo jeito, espero que a terceira seja aprovada e venha logo para o nosso deleite! Super indico, confere lá e me conta depois tá! ADOROOOO! #CHOCOBJS

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários