{Resenha} Enquanto Estivermos Juntos! - Memórias de Jeremy Camp viram filme! - Hospicio Nerd

INHAIIIMMM TUXOS E TUXAS PEGA A CAIXINHA DE LENÇOS E PREPARA PRA SE EMOCIONAR!

Eu ainda acredito… A fé está em alta! Mais uma cabine Paris Filmes e dessa vez eu me senti no mundo gospel com essa produção, Enquanto estivermos juntos que estreou nesta quinta 19 de novembro com certeza é um testemunho de fé e uma mensagem de vida nas telinhas da sétima arte. Incrível o trabalho bem feito da LionsGate ao abraçar o projeto e  incrementar toda sua experiência em emocionar o público mostrando o drama baseado em fatos reais da vida do cantor e compositor estadunidense de música cristã contemporânea de Jeremy Camp e sua primeira esposa, Melissa Lynn Henning-Camp, no início dos anos 2000. E já vou avisando sem spoilers e sempre seremos imparciais para sua opinião, porque aqui meu bem é você quem decide se VALE ou NÃO  VALE a pena ver o que estamos resenhando tá! Agora que você já está ciente, esta na hora de se juntar com os jovens na praia, não esquece de levar seu violão e acompanhar Jeremy e Melissa em sua jornada emocionante!

Enquanto Estivermos Juntos : Foto Britt Robertson, K.J. Apa

Copyright Studiocanal GmbH / Michael Kubeis

A direção dos irmão Andrew Erwin e Jon Erwin não vão decepcionar o público do gênero e nem o público que vai assistir apenas como romance, exatamente isso, o roteiro baseado no livro I Still believe do cantor Jeremy Camp foi assinado por Jon Erwin, Jon Gunn e Madeline Caroll ganhando vida própria e ainda agradando o próprio Camp quando viu o resultado final. A produção ficou por conta dos irmãos diretores e Kevin Downes ao lado da Kingdom Story Company, Kevin Downes Productions e Erwin Brothers Entertainment e a distribuição feita pela LionsGate e Paris Filmes. Vamos aos méritos né gente, a trilha sonora de John Debney vai agradar uma galerona que curte música gospel e está louca para ir ao cinema, os cenários são ótimos e com certeza os cuidados para que tudo estivesse nos anos 2000, figurino e objetos de cena, dá para se notar que eles arrasaram na reconstituição de época quando você vê o ônibus de viagem antigão. O outro fato é saber como escolher o elenco, formado por KJ Apa, Britt Robertson, Abigail F. Cowen, Nathan ParsonsGary Sinise, Shania Twain, Melissa Roxburgh, Alyssa Gonzalez, Cameron Arnett, Gregory HobsonGriffin Hood, Hali Everette, Katie Anne Moy, Liam Kelly, Lisa VanAmburg, Nicholas G. Sims, Nicolas Bechtel, Reuben Dodd e Tanya Christiansen, essa galerinha é daquelas que transborda amor, emoção e te faz chorar baldes.

Enquanto Estivermos Juntos : Foto Nathan Parsons

Copyright Studiocanal GmbH / Michael Kubeis

Jeremy Camp (KJ Apa) sai de sua casa para completar seus estudos em 1999, cheio de muitas ideias e planos. Assim que põe os pés na universidade ele invade os bastidores do show do seu ídolo de música gospel Jean-Luc (Nathan Parsons) que se torna seu amigo no mesmo instante, mas ele nem imagina que sua vida vai mudar completamente quando ele vê a jovem Melissa (Britt Robertson) no público e se apaixona por ela. Eles se envolvem, se apaixonam e para não magoar seu melhor amigo decidem dar um tempo e se afastam. Quando Jeremy vai passar o Natal com seus pais, ele recebe a notícia que Melissa está doente e volta de carro de Indiana para a California e depois que descobre que ela tem câncer, a pede em casamento e daí em diante os dois iniciam uma jornada de doação, dor, lágrimas, demonstrações de amor e muita fé. Uma história baseada em fatos reais cheia de mensagens de superação e pra lá de emocionante que vai te levar para o mundo da música gospel e ainda vai tocar profundamente seu coração!

A música é o ponto forte do filme, trabalhar com esse instrumento para levar o enredo foi acertado pelos diretores, principalmente devido ao toque de sensibilidade que ele traz. Outro ponto positivo foi que as versões das musicas do cantor ficaram lindas na vos de KJ Apa e com certeza muita gente vai amar! A intensidade com que a trama foi construída por todos os envolvidos faz do filme, por mais que seja um apelo religioso, possui uma lição de vida que eu achei que não ficou com aquele toque de fanatismo e tem uma mensagem desvinculada de uma ou outra religião, conserva apenas o cristianismo. As atuações ficaram boas, temos até Shania Twain mostrando que sabe interpretar uma mãe daquelas corajosas que dedica seu amor ao seu filho menor com deficiência, por sinal o filme mostra alguns trabalhos sociais com crianças e adultos deficientes, o que é outro ponto positivo ao se conectar com a causa que promove o auxílio terapêutico e com certeza traz o exemplo da prática do amor incondicional. mas sem aquela apelação religiosa, se é que me entendem. A técnica do diretor em trazer vários picos emotivos durante o filme foi um risco, mas de certa forma ele conseguiu realmente me emocionar por duas vezes, que deu para sentir aquele nó na garganta, Enquanto estivermos juntos mostra a vida com fé, disposta a agradar aquele que se conecta a Deus, mas sem a intenção de burlar as leis naturais da vida. Bom eu saí do cinema com a cara amassada de tanto chorar, mas consegui assimilar muita coisa boa nisso tudo, agora é com você, corre para o cinema, já coloca a caixinha de lenços na bolsa ou no bolso, veja tudo e depois vem aqui e me conta o que achou tá! Simples assim! ADOROOOOO #CHOCOBJS

Todo domingo as 14:00 horas no IG TV do @marmotinhabh temos as LIVES MARMOTANDO com Hospício Nerd, apresentada por euzinho, @lisbragaoficial e @ricardocatizaneoficial dando dicas das plataformas Netflix e Prime Vídeo, Cabines de imprensa e falando de Masterchef Brasil 7ª Temporada além de trazer convidados maravilhosos! Vem com a gente e se jogaaaaaa! #CHOCOBJS #NOVEMBROAZUL

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários