{Resenha} Indústria Americana – Abram teu olho!! - Hospicio Nerd

Ouviram, senhores trabalhadores?

Indústria Americana foi o vencedor do Oscar 2020 de Melhor Documentário. Mesmo não sendo um crítico renomado, tenho ressalvas quanto à esta vitória, visto que apesar do documentário ser bem filmado, ter um bom ritmo e tratar de um assunto relevante, concorrentes como Honeyland e Democracia em Vertigem são bem melhores tecnicamente. Talvez, grande parte da vitória pode ser atribuída aos produtores Barack e Michelle Obama, que fizeram um lobby pesado com todo o peso e prestígio que a ex- primeira família dos Estados Unidos pode trazer.

Entretanto, o fato de não ser o melhor não quer dizer que não é bom, e Indústria Americana é bom, e tem muito a dizer.

A group of people perform a musical number paying tribute to windshields

(Fonte: abc.net)

O documentário aborda uma cidade de Ohio, que desolada pela perda de uma fábrica da General Motors, que empregava milhares de pessoas, vê uma indústria chinesa nascer destes escombros e trazer de novo a esperança, entretanto, as diferenças culturais trazem tensões e dificuldades.

Apesar de bem filmado, não há cenas ou enquadramentos brilhantes, e a fotografia também não se destaca.

O forte do longa é sem dúvida seu enredo. A história não tem um narrador e apesar de não ser por demais expositivo e deixar o expectador tirar as próprias conclusões, tende a guiar as impressões do expectador numa intenção desejada.

Resultado de imagem para american industry netflix

(Fonte: abc.net)

Os diálogos também são um ponto notável, onde pela voz de muitas pessoas, a história avança e o sentimento que é transmitido evolui.

O ponto alto é quando as culturas de trabalho chinesa e americana começam a se encontrar e a se estranhar. Chineses não compreendem a “preguiça americana”, americanos se chocam com a “dedicação” chinesa. Há um momento de ouro quando numa viagem à China, um personagem se vê totalmente sem palavras diante do choque cultural. O documentário foi preciso ao colocar o personagem e o expectador exatamente nas mesmas condições e sentimento.

People in high vis vests in a factory with a big sign if Chinese and English that says 'diligence, simplicity, learning'

(Fonte: abc.net)

Seguindo a esteira de seus concorrentes no Oscar, a saga da Fuyao Vidros e seus funcionários chineses e americanos não termina de maneira otimista nem aborda um assunto leve. Pelo contrário, tem um viés bem estabelecido e um ponto específico a deixar claro, para inspirar e deixar a discussão entre os expectadores. Não bastasse a forte e clara mensagem que transmite, os diretores do documentário Julia Reichert e Steven Bognar na entrega da maior premiação do cinema ainda fizeram um discurso pedindo a união dos trabalhadores do mundo.

Indústria Americana é um longa inteligente, incômodo e real, que mostra problemas do passado, do presente e uma perene ameaça futura para os trabalhadores. Sem dúvida uma visão política, enviesada, que pode não agradar a todos, mas afinal de contas, que filme agrada a todo mundo?

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários