{Resenha} La Révolution! Revolução francesa regada a sangue azul! - Hospicio Nerd

INHAIMMMM TUXOS E TUXAS REVOLUCIONÁRIOS, QUE TAL UM POUCO DE SANGUE AZUL?

Uma revolução, um povo sofrido e faminto e muito sangue azul derramado, a visão diferente da Revolução Francesa de 1789 misturada a uma maldição é a nova trama da série francesa La Révolution que chegou no nossa Maman Netflix na última sexta 16 de outubro! Agora já virou marca registrada o sucesso garantido das produções estrangeiras no streaming e dessa vez os franceses estão mostrando sua competência em remontar um cenário épico cheio de personagens históricos fortes envolvidos em uma trama de ficção por detrás das batalhas entre os nobres e as classes pobres do século XVIII para conquistar uma vida digna. E deixando bem claro, que nós do HN não damos spoiler e sempre seremos imparciais para sua opinião, porque aqui meu bem é você quem decide se VALE ou NÃO  VALE a pena ver o que estamos resenhando táaaa! Agora que você já está ciente, pegue sua espada, vista sua armadura e vem fazer parte dessa batalha sanguinária!

Netflix

A direção a três mãos de Edouard Saller, Jérémie Rozan e Julien Trousselier além da criação da série, Aurélien Molas assina o roteiro ao lado de Gaia Guasti e François Lardenois assume a produção ao lado da Netflix e juntos conduzem um elenco bem extenso formado por nomes como Almir El Kacem, Marilou Aussilloux Coline Beal, Isabel Aimé Gonzalez Sola, Dimitri Storoge, Doudou Masta, Gaia Weiss, Julien Frison, Laurent Lucas e Lionel Erdogan. O trabalho dessa turminha ficou impecável, desde os cortes bem feitos, que nós já sabemos é o que garante um bom entendimento do enredo pelo público, até os objetos de cena utilizados. A série formada por 8 capítulos que variam de 40 minutos a uma hora de duração, tem vários pontos positivos a serem considerados, para começar podemos dizer que é um show de cenários, as filmagens com drones foram muito bem utilizadas enriquecendo o resultado visual do conjunto. Figurino perfeito, trilha sonora envolvente, locações imponentes e atuações indiscutíveis formam o conjunto que deixa um gostinho de quero mais no último episódio.

Netflix

A história é narrada pela jovem Madeleine de Montargis (Amelia Lacquemant) que conta que no interior da França de 1787 prestes à virada do século, quando a fome, a pobreza, a miséria e o sofrimento atingiram o povo, o conhecido doutor e futuro inventor da mundialmente famosa guilhotina Joseph Guillotin (Amir El Kacem), começa o investigar uma série de assassinatos misteriosos e acaba descobrindo na verdade um vírus desconhecido que além de mudar a cor do sangue para azul, causa uma fome insaciável por carne humana nos infectados. A doença, como uma epidemia, se espalha rapidamente no meio da aristocracia francesa, que inicia uma chacina de pessoas comuns. Logo isso vira uma rebelião liderada e composta pela maioria da classe pobre que é a mais atingida e os poucos membros da burguesia que ainda não foram infectados e que não fazem parte do grupo daqueles que abusam da posição social para extorquir da população. Uma luta árdua que envolve interesses e posições sociais, regada de abusos de poder através de um praga, ou melhor dizendo, uma maldição que pode explicar porque a frase Cortem a cabeça ficou famosa na Revolução Francesa!

Netflix

Nada melhor do que franceses para mostrar um bom figurino, cenários bem realistas e costumes da sociedade do século XVIII do seu próprio povo, e isso fica bem claro, desde o primeiro até o último episódio da série quando nos deparamos com o detalhamento minucioso que mostra de um lado a classe pobre que vive no abandono das ruas de uma França antiga e do outro a aristocracia e seus frufrus pomposos. Essa diferença entre classes traz também personagens irreverentes como a deficiente auditiva Madeleine que é mantida vida apenas por fazer parte da classe alta, mostrando claramente que isso era um motivo de abandono na época, o mundo onde o médico Joseph vive, cercado por miséria, pobreza e sofrimento, onde a medicina ainda não era valorizada como deveria pela sociedade e onde ele se sujeita a vontade dos mais fortes. A série também mostra  as questões políticas e suas tensões envolvendo a monarquia da França e os Estados do Reino que formavam a sociedade e suas injustiças pelo abuso de poder.

Netflix

O enredo de Molas ficou perfeito, baseando-se numa citação de Napoleão Bonaparte bem famosa, A história é um conjunto de mentiras combinadas, ele se atreveu ao lado de Gaia Guasti a escrever uma ficção que de certa forma traz sentido até mesmo para a criação da execução pela guilhotina, mas que se prende mesmo dentro das explicações por detrás do que pode ter dado início a revolução francesa que durou de 1789 a 1799 e levou a monarquia absoluta, que governou a nação durante séculos, ao declínio. Ousadia? Diria que não, posso falar que foi inteligente apostar numa trama que envolve o passado e de certa forma nos deixa com aquela dúvida, será que isso pode mesmo ter acontecido? Verdade ou não, a aposta foi das melhores, já que o tema faz com que um público em uma sentada acabe vendo todos os episódios e acabe implorando por mais uma temporada, mesmo porque, ainda ficou muita coisa a ser explicada até que o babado todo alcance o cenário inicial mostrado e narrado pelo que entendemos ser a protagonista vivida por Amelia.

Netflix

Mais uma obra de arte em formato de série que entra para o streaming esse mês, La Révolution com certeza deve garantir sua ocupação nos Top 10 por alguns dias, o público gosta desse tipo de história e também tem prestigiado produções estrangeiras nos últimos meses. Os extremos sociais europeus e seus conflitos históricos tem sido tema para muitos criadores e agora é a vez da França mostrar um pouquinho do seu passado e ainda ser irreverente ao linkar isso a uma boa teia de ficção. Vocês tem duas opções, ou se vestir como um pebleu e se armar dos pés a cabeça ou colocar sua melhor roupa de aristocrata com direito a muito pó de arroz, laços, fitas e perucas e se jogar nessa trama deliciosa que nossa Maman trouxe para você mon amie! Agora é com você, vai lá e confere, depois meu bem vem aqui e me conta o que achou tá! Simples assim! ADOROOOOO #CHOCOBJS #MARMOTANDO #OUTUBROROSA

Todo domingo as 14:00 horas no IG TV do @marmotinhabh temos as LIVES MARMOTANDO com Hospício Nerd, apresentada por euzinho, @lisbragaoficial e @ricardocatizaneoficial dando dicas das plataformas NETFLIX, AMAZON PRIME, falando de Masterchef Brasil 7ª Temporada além de trazer convidados maravilhosos! Vem com a gente e se jogaaaaaa! #CHOCOBJS #OUTUBROROSA #HALLOWEEN

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários