{Resenha} O Fascínio - Feitiçaria e maldição à lá italiana! - Hospicio Nerd

INHAIMMMMM TUXOS E TUXAS BAMBINOS, MAMA MAIA QUANTO MEDO AHNN!

Esse é o mês das crianças, do outubro rosa e também do Haloween, e para começar sem essa de doces ou travessuras e vamos começar dando susto, chegou no último dia 02 de outubro na nossa Mamma tutto il meglio (Mamãe tudo de bom) o thriller italiano O fascínio (Il legame)! A elegância do tratamento de uma trama de terror rural europeu é mais uma aposta acertada do streaming, principalmente para começar o mês que mais temos filmes desse gênero sendo exibidos, fora que o público adora esses temas que retratam os costumes folclóricos de outros países transformadas em histórias modernas e se possível quanto mais assustadoras, envolvendo crianças e lugares com aquele clima antigo bem preservado e propício para esses tipos de acontecimento, melhores são! Sempre deixando bem claro, que nós do HN não damos spoiler e sempre seremos imparciais para sua opinião, porque aqui meu bem é você quem decide se VALE ou NÃO  VALE a pena ver o que estamos resenhando táaaa! Agora que você já está ciente, vem comigo e vamos ver como é a visão de terro italiano com feitiçaria, così spaventoso (que medo)!

Netflix

A direção de Domenico Emanuele de Feudis que assinou o roteiro ao lado de Daniele Cosci e Davide Orsini e teve sua produção de Violla Prestieri, Nicola Giuliano e Riccardo Scamarcio lado da HT Films, Indigo Film, Lebowisk e Netflix e com o apoio do cinema nacional de Itália foi fácil guiar um excelente elenco formado por Riccardo Scamarcio, Mía Maestro, Giulia Patrignani, Mariella Lo Sardo, Sebastiano Filocamo, Federica Rosellini e Raffaella D’Avella para dar vida a essa obra de arte do terror italiano, com direção de fotografia do competente Luca Santagostino, montagem de Giancarlo Fontana e que está gerando tantas opiniões controversas quanto a agradar o exigente público da pandemia. Temos que convir que europeus não são muito emotivos, isso ficou bem expressivo nas interpretações dos atores ao trazer personagens mais frios e um tanto quanto sombrios e misteriosos, portanto não podemos esperar mais do que essa realidade dentro desse suspense que ficou muito bem feito dentro dos parâmetros do cinema estrangeiro que tem sido tão bem mostrado pela Netflix nos últimos tempos.

Netflix

A linda e apaixonada noiva Emma (Mía Maestro) com sua filha Sofia (Giulia Patrignani) partem em uma viajem para o Sul da Itália para visitar e conhecer a mãe de seu futuro marido, Francesco  (Riccardo Scamarcio), a misteriosa senhora Teresa (Mariella Lo Sardo). Mas desde sua chegada em um clima diferente e até mesmo sombrio, ela começa a acompanhar o ritmo da família dele, que mora em uma antiga residência nos campos. No entanto, ao chegar no local, a pequena Sofia é atingida por uma maldição misteriosa, que inicialmente a sua mãe começa a desconfiar da própria família do seu noivo ao flagrar algumas situações entre a mãe dele e sua filha. Entre fatos e acontecimentos cheios de desconfiança, uma série de antigos ritos ancestrais, pessoas com comportamentos estranhos e ainda um abalo no relacionamento entre Francis e Emma, a antiga lenda da amarração com feitiços é trazida nesse thriller assustador que vai te levar em uma excursão para descobrir o que está por trás disso tudo. Vamos acompanhar a luta de Emma que terá de descobrir um modo de salvar sua filha e vencer as forças malignas que não vão desistir de possuí-la!

Netflix

Podem falar tudo, mas as locações, cenários, objetos de cena e até mesmo a ambientação do filme é algo muito bem escolhido pela produção, a ideia de trazer uma antiga mansão para o tipo de trama mostrado em O fascínio, foi a escolha certa para proporcionar várias formas que foram muito bem exploradas pelo diretor para assustar o público. Não há falhas, os cortes foram bem feitos, o clima é mesmo cinza, desde a personagem Teresa e sua governanta que simplesmente me hipnotizaram com aquele expressão que não nos dá uma ideia se são vilãs ou se querem somente ajudar, até a garotinha que também arrasa na sua interpretação, o filme tem aquele timing que nos prende através do suspense de terror progressivo, que começa bem leve e vai acelerando, eu sei é clichê, mas garanto que isso atrai muita gente para assistir e no final acabam gostando do resultado. Para vocês terem uma ideia da minha visão sobre esse filme, eu acredito que até mesmo o cachorrinho foi super ator em várias cenas, reconheço que teve todo um trabalho minucioso de todos os envolvidos na produção desse projeto.

Netflix

Não há nada mais acertado do que trazer para as telinhas um thriller que trata histórias e lendas antigas regionais do sul da Itália, para nós brasileiros é como se dessem vida as nossas histórias de terror folclóricas, só que numa visão mais moderna e adaptada. Como seu primeiro trabalho independente Feudis simplesmente me deixou boquiaberto, é claro que tem algumas falhas, mas foram tão poucas na minha visão, que posso afirmar que esse moço tem um futuro brilhante. Outro fato legal é a utilização de línguas antigas para alguns textos como a oração feita no almoço de família de Francesco, mas tem mais que isso, a trama envolve algo de sobrenatural, mas não peca em vagar sem embasamento numa realidade aceitável, foi o certo enfocar na possessão que de é absorvida com mais lógica por quem assiste. O que completa tudo isso é o clima frio e nublado da região, como a cena das árvores caídas que ficou tão perfeita que você não consegue identificar se foi uma locação montada ou usaram computação gráfica para criar o cenário.

Netflix

A aposta da nossa Mamma continua firme nas produções estrangeiras e pelo visto vai continuar freneticamente, a prova disso é o sucesso que estão fazendo na plataforma e olha que temos vários exemplos disso. Conflitos de relacionamentos, famílias atípicas ou mesmo bem estranhas, costumes cheios de folclore e histórias assustadoras, feitiçaria européia e claro, uma vítima infantil é uma receita muito boa para agradar um público que ama esse tipo de perfil de suspense. Para chegar até o fim eu dei a mão para a personagem Emma e fui vivendo seu drama na tentativa incansável para salvar sua linda e amada filha Sofia e durante o trajeto desconfiei até do cachorro viu! Gente, agora é hora de vocês todos conferirem o resultado final dessa ideia que ganhou muitos likes de muita gente e foi mal falado por alguns críticos. Assiste com ou sem medo e depois meu bem vem aqui e me conta o que achou tá! Simples assim! ADOROOOOO #CHOCOBJS #MARMOTANDO #OUTUBROROSA

Todo domingo as 14:00 horas no IG TV do @marmotinhabh temos as LIVES MARMOTANDO com Hospício Nerd, apresentada por euzinho, @lisbragaoficial e @ricardocatizaneoficial dando dicas das plataformas NETFLIX, AMAZON PRIME, falando de Masterchef Brasil 7ª Temporada além de trazer convidados maravilhosos! Vem com a gente e se jogaaaaaa! #CHOCOBJS

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários