{Resenha} Os infiéis! Mulheres fiquem atentas, fidelidade tem validade! - Hospicio Nerd

INHAIMMMMM TUXOS E TUXAS FIÉIS QUE EU AMO TANTO!!!!!

Agora que o mundo está mais calmo, para dar uma sacudida não tem nada melhor do que um filme que deixe as mulheres com a pulga atrás da orelha e dê só uma surtadinha básica, estreou no dia 01 de julho na nossa amada Mama Netflix o filme italiano Os infiéis! Muito bem produzido, com o título original de Gli Infideli que foi traduzido na íntegra, teve direção de Stefano Mordini que deu vida ao roteiro de Filippo Bologna, Stefano Mordini e Riccardo Scamarcio em 94 minutos bem intensos de muita confusão e trapalhadas de casais um tanto quanto desequilibrados. Mesmo que o longa seja um remake de um filme francês com o mesmo nome de 2012, o resultado agradou alguns e desagradou outros, mas uma coisa é certa, o público feminino vai delirar ao descobrir algumas peculiaridades do mundo masculino que podem ajudar muito para abrir seus olhos. Vem comigo e vamos descobrir tudo que essa loucura bem feita nos reserva!

Netflix / Divulgação

O elenco traz atores bem conhecidos na Itália e com certeza os amadinhos Riccardo Scamarcio, Valerio Mastandrea, Laura Chiatti, Valentina Cervi, Marina Foïs, Ascanio Balbo, Euridice Axen, Massimiliano Gallo e Alessia Giuliani arrasaram sob a direção de Mordini que soube como coordenar esse grupo em cinco diferentes historietas. Riccardo Scamarcio se destacou bastante durante o filme com sua vivacidade e energia para atuar, o moço mostrou porque é tão almejado dentro dos projetos da sétima arte do seu país. Outro ponto positivo é Valerio Mastandrea e sua atuação bem natural e distinta que com certeza marcaram bastante o desenrolar dos fatos. Mas a virada da onda e que segura muito do filme, são as  atuações brilhantes das lindíssimas atrizes que deram vida para as esposas e amantes dos diversos perfis mostrados que fazem com que o espectador tenha a necessidade de ir até o fim de cada um dos cinco casos mostrados. Algo bem importante nesse tipo de método com interpretação narrativa através de casos distintos que foi muito bem empregado pelo diretor e claro bem obedecido pelos atores.

A produção foi cuidadosa em mostrar como se faz tudo isso sem gastar muito, mas com requinte. Dentro de um orçamento não muito alto os lindinhos Gennaro Formisano, Nicola Giuliano, Rocco Messere, Viola Prestieri e Riccardo Scamarcio ao lado das empresas 102 Distribution, HT Film e Indigo Film arrasaram demais. Para começar a escolha da direção de fotografia de Luigi Martinucci que com certeza trabalhou muito bem dentro das locações e cenários escolhidos pela equipe. Mais uma coisa importante é o modo como foi editado o filme, com a montagem feita por Massimo Fiocchi, que mostrou com seu trabalho como se faz bons cortes dando a sequencia certa para o enredo. Trilha sonora muito boa e bem aplicada fez com que todos os climas se encaixassem dentro dos ambientes propostos. E para completar, um figurino bem montado faz com que o filme se torne mais leve e bem harmonizado, principalmente nas cenas que exigiram requinte.

Netflix / Divulgação

São 5 histórias alinhadas e ordenadas dentro do universo da traição masculina, onde também é mostrado mulheres de vários tipos, desde as neuróticas até as mais resilientes possíveis, e é assim que os nada convencionais enganos vão sendo mostrados cheios de surpresas e provocações. O enredo é um conjunto da vida dos casais em uma variedade de imprudências, mentiras deslavadas, destruição de confiança de anos e iniciativas e atitudes escondidas numa visão completamente masculina e machista, enquanto os tais maridos sofrem com as atitudes, deslealdades e conexões extra conjugais com outras pessoas. E por outro lado também traz uma imagem e uma posição feminina dentro de uma lógica moderna que em algumas tudo se resolve numa procura por uma escapatória à rotina entediante, em outras elas se colocam dentro de uma posição emponderada mostrando que mulheres também traem, porém com menor frequência e em outras a passividade toma conta totalmente, a ponto da renúncia se mostrar bastante presente. Para entender tudo isso somente entrando nesse mundo de infidelidade compulsiva e muito louca.

Netflix / Divulgação

Os Infiéis é um daqueles projetos que tem uma característica diferente, usando um método de narrativa episódica que foi dividida em partes e muito bem unidas através do tema de infidelidade dos homens em relação às esposas, amantes e ou namoradas. Essa tendência ao adultério é uma aposta que provoca muitos riscos e sensações indesejadas em quem assiste de uma forma direta ou não, trazendo o espectador apara dentro da trama de cada uma das histórias mostradas. Eu aconselho que vocês assistam o filme sem adotar uma visão feminista ou neurótica e lembrem-se que nem todos os casos podem ser generalizados ou poderem sempre ser comparados aos que foram enfatizados nos dramas desses casais. Pronto, agora vai lá e confere mais uma Foreign Production no streaming da nossa amada Mama! ADOROOOOOOOOO #CHOCOBJS #FIQUEEMCASASEPUDER #MARMOTANDO

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários