{Resenha} Rainha de Copas - Um drama dinamarquês devastador! - Hospicio Nerd

Oi oi oi!

Venho hoje com mais uma dica de filme MUITO BOM (sim, o capslock foi proposital) por que, como uma boa fã do cinema nórdico, devo dizer que assisti esse filme no cinema ano passado e foi o melhor dinheiro que gastei (depois do Coringa <3). Mas vamos ao que interessa 😉

rainhadecopas

Copyright Festival Films

Dirigido por May el-Toukhy O filme conta a história de Anne, que trabalha como advogada do direito das crianças e dos adolescentes. Acostumada com lidar com jovens complicados, ela não tem muitas dificuldades para criar laços com seu enteado Gustav, filho do primeiro casamento de seu marido que acaba de se mudar para sua casa. No entanto, a relação que deveria ser paternal se torna uma relação romântica, envolvendo Anne em uma situação complexa, arriscando a estabilidade tanto de sua vida pessoal quanto profissional.

É aquele tipo de história onde você já imagina mais ou menos o que pode acontecer, mas não tira o impacto a cada cena e o drama sendo construído junto com as atuações e fotografia onde encontramos cores em tons mais frios (o que é uma certa característica dos filmes nórdicos) onde cria toda essa ambientação onde você vai criando gradativavemente a angústia e o desejo.

rainhadecopas

Copyright Festival Films

Eu não lembro de ter assistido um filme onde o assédio ocorre com a mulher no lugar do homem, e quando assisti pela 1ª vez o trailer desse filme, me interessei justamente por isso (e também por sou fã da atriz Trine Dyrholm). Porque realmente acontece/pode acontecer, mesmo não sendo algo de grande proporção comparado com o assédio feito pelo o homem

Pra quem curte aquele drama dinamarquês de alto nível, tá aí uma super dica de quarentena pra vocês 😉

O elenco conta com Trine Dyrholm, Gustav Lindh, Magnus Krepper

Bjssss!!!

 

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários