{Resenha} Rede de ódio! - Hater, be or not to be, eis a questão! - Hospicio Nerd

INHAIMMMMM TUXOS E TUXAS DA MINHA REDE MUNDIAL… DE AMOR NÉ! KKKKK

Mais um suspense estrangeiro que vai ser o up no streaming de nossa Mammy Netflix, o filme polonês que foi premiado como melhor longa narrativa no Festival Internacional de Cinema de Tribeca quando estreou originalmente em 06 de março deste ano em seu país, ficou disponível no último dia 29 de julho meu bem, e já veio com tudo viu! A ideia do enredo é bem original e moderna e traz uma visão bem íntima do que pode a vir ser um hater e o que ele é capaz de fazer quando infiltrado dentro de uma sociedade coberta de interesses próprios que decidem o que, quem e quando tudo acontece nos negócios, na política e nos relacionamentos de todos. Sempre deixando bem claro, que nós do HN não damos spoiler e sempre seremos imparciais para sua opinião, porque aqui meu bem é você quem decide se VALE ou NÃO VALE a pena ver o que estamos resenhando táaaa! Agora que você já está ciente, escolhe o alvo e vem comigo, vamos estudar esse caso destalhadamente!

Netflix

Dirigido por Jan Komasa e escrito por Mateusz Pacewicz e com o título em inglês The hater traduzido para Rede de Ódio, o projeto além de ter sido premiado, provou que o cinema estrangeiro está cada vez mais sendo bem feito e conquistando não só a crítica mas o gosto do público. Seu elenco formado por Maciej Musialowski, Vanessa Aleksander, Danuta Stenka, Jacek Koman, Agata Kulesza, Maciej Stuhr, Adam Gradowski, Piotr Biedron, Jedrzej Wielecki, Jan Hrynkiewicz, Martynika Kosnica e Wiktoria Filus foi muito bem escolhido pelos diretores de elenco, e com certeza, dá para sentir isso ao vermos a sincronia na atuação de todos dentro da trama. A produção dos amadinhos super envolvidos Janusz Janicki, Malgorzata Jurczak, Wojciech Kabarowski, Jerzy Kapuscinski, Dominika Kulczyk, Anna Limbach-Uryn, Marta Schmude-Olczak, Jakub Szurmiej, Anna Wasniewska-Gill e Magdalena Widuch associados à Naima Film, dFlights e TVN ficou maravilhosa trazendo cortes de edição perfeitos com a montagem de Aleksandra Gowin junto dos efeitos especiais moderados alternados com um jogo bem feito de fotografia feita por Radek Ladczuk, locações e objetos de cena muito bem escolhidos para a proposta do filme e para completar a receita perfeita, uma super trilha sonora muito bem selecionada e escolhida por Michal Jacaszek.

Netflix

Em uma sociedade moderna que ainda está marcada por um passado autoritário e em um momento onde os poloneses de todas as classes sociais estão enfrentando a maldade que se alastra pelo continente europeu, e onde dentro da mesma, há várias pessoas que se beneficiam de confrontos sociais inevitáveis que sempre acabam em um caos, acompanhamos o caso do decadente estudante de direito Tomek (Maciej Musiałowski), que tem o apoio financeiro da família da sua amiga de infância Gabi (Vanessa Aleksander) e que tenta de todas as formas conquistar sua atenção e o respeito da sua tão famosa família progressista, acaba cometendo plágio e perde sua vaga e sua bolsa na universidade de direito que cursava. Daí em diante, o moço se envolve com pessoas e meios investigativos que o levam cada vez mais para um mundo movido por fake news e muita difamação ou como eles mesmos dizem, o contrário. Desta forma, Tomek se vê em várias situações bem delicadas que podem acabar por comprometer sua vida e da sua amada Gabi de uma maneira tal, que talvez não tenha como voltar para que tudo termine muito bem. O suspense vai te prender e te surpreender até o final, talvez um simples estudante entenda mais da arte de manipulação do que muitos podem imaginar!

Netflix

A capacidade do rapaz mostrada na história do filme é impressionante, com apenas poucos minutos do lado das pessoas e com apenas dois mecanismos tecnológicos, o jovem Tomek é capaz de fazer coisas inacreditáveis. Dá para assistir tudo com apenas aquele pensamento de que é um filme inteligente e cheio de tramas muito bem amarradas, mas se você amplia sua visão e seu censo crítico para um pouco mais adiante, você chega a uma conclusão que é com certeza completamente possível de se acontecer dentro dos parâmetros da nossa sociedade. Tudo ficou tão bem linkado dentro do drama, que temos a sensação de já termos sido vítimas de alguma pessoa com esse perfil e pelo visto não temos nem noção que algo assim possa ser acontecer, já que geralmente nos mostramos mais preocupados com a quantidade de informações jogadas no ventilador da vida que possam denegrir ou comprometer nossos interesses, que tudo passa muito desapercebido aos nossos olhos.

Netflix

A preocupação dos produtores em fazer algo suficientemente realista com os poderes da sétima arte está cada vez mais elevando o nível do cinema polonês, que depois de alguns sucessos no streaming, agora vem com essa loucura de haters, que na verdade é um assunto de cunho bem atual e com certeza gera vários grupos de discussão sobre o assunto, já aclamado como polêmico. O simples fato de equipar um jovem que tem capacidade de observação e conhecimentos tecnológicos apurados para prejudicar ou mesmo alavancar a imagem de uma pessoa comum, de um político, de alguém que conseguiu se viralizar nas redes sociais ou até mesmo de uma empresa, já nos deixa assustados, principalmente pela forma simples e direta que o processo para tudo isso é abordado dentro do roteiro de Rede de ódio. O que fez tudo ficar muito brilhante também no final das contas foi o show de interpretações que o protagonista e seus coleguinhas atores promoveram ao entrarem de cabeça e conseguirem um trabalho de primeira.

Netflix

Me entreguei completamente ao filme, confesso que me envolvi tanto que no final eu não sabia mais se eu tinha raiva, ódio, amor ou piedade pelas pessoas e pelos fatos que montam toda a confusão gerada por Tomek e suas redes sociais. É um mundo todo virtual com força suficiente para acabar com tudo ao seu redor ou mesmo te elevar a patamares jamais pensados por sua humilde mente, algo que alastra pela humanidade a cada segundo de vida nos tempos atuais. Agora é o que nós sempre aconselhamos, corre lá na plataforma, senta com calma e veja com atenção e depois meu amor, pára né, depois você volta aqui e me conta nos coments o que você achou uéeee! ADOROOOOOOOO #CHOCOBJS #FIQUEEMCASASEPUDER #MARMOTANDO

E agora todo domingo as 14:00 horas no IG TV do @marmotinhabh teremos as LIVES MARMOTANDO com Hospício Nerd, dando dicas das plataformas NETFLIX, AMAZON PRIME e claro falando de Masterchef Brasil 7ª Temporada! Vem com a gente e se jogaaaaaa! #CHOCOBJS

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários