{Resenha} Sem maturidade para isso – Ou Quase lá! - Hospicio Nerd

Como é tentar ser um adulto “de verdade”.

E aí meus amados hospicianos, demorei mais voltei. E voltei com um estilo mais adulto, mais maduro (ou quase isso). Calma, já explico de onde vem essa suposta maturidade.

Nossa queridinha Netflix adicionou em seu catálogo recentemente, a primeira temporada de Sem Maturidade para isso, uma série animada do criador de Apenas um Show – J.G. Quintel.

A série de animação para adultos mostra que, com o passar do tempo, as responsabilidades aumentam. Assim enquanto caminham da casa dos 20 a dos 30 anos, um jovem casal Josh e Emily é confrontado pela necessidade de cuidar da filha, de manter um bom emprego, de nutrir relações de amizade saudáveis e encarar coisas cotidianas, tais como roubar presuntos e lidar com palhaços strippers.

netflix
Fonte: Netflix

De cara já digo que é uma série para adultos, não só pelo fato de acompanhar os perrengues e as alegrias da vida adulta (o que não desperta a curiosidade dos jovens), mas também pelo fato de ter um humor mais sarcástico e as vezes sem lógica alguma.
A série mostra o processo de amadurecimento, a experiência de se tornar um adulto, o que acaba nos levando a nos identificar e muito com ela, pois vem nos mostrar mesmo que seja com uma certa dose de comédia, os desafios para se ajustar a um mundo que nos cobra, as dificuldades de ser pai e mãe em meio à selva urbana, as dificuldades e preocupações financeiras que assombram praticamente todos. Assim é inegável que nos enxergamos em cada um dos personagens, afinal eles são pessoas como nós, mas claro que, com os devidos exageros de uma comédia adulta.
Vale ressaltar que além de tudo a série é bem dinâmica e rápida com duas histórias compiladas por episódio que tem cerca de 11 minutos cada. E claro, todos os episódios partem de situações normais para logo depois mergulhar em situações absurdas que nos fazer rir e esquecer dos incansáveis perrengues da vida adulta.

netflix
Fonte: Netflix

Apesar de ter essa visão divertida e super maluca sobre a vida adulta, a série consegue abordar assuntos importantes e que acabam nos fazendo se identificar com aquela história.
Pois bem, espere ver de tudo, já que temos temas reais, além de humor exagerado e por que não dizer excêntrico e algumas vezes sem muita lógica, mas ainda assim é um desenho adulto muito bom pra assistir nos fins de noites.

Mas o fato é que Ninguém Tem Maturidade, e digo mais: eu estou Sem Maturidade para Dona Netflix!

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários