(Resenha) The Psychics (Os paranormais)! Suspense norueguês é bom! - Hospicio Nerd

INHAIMMMMM TUXOS E TUXAS, VAMOS DOCUMENTAR???!!!!

A nossa amada Titia “Amazon Prime” está mais do que nunca emprenhada com os lançamentos de filmes que foram filmados até antes das respectivas quarentenas do início desse ano, e uma deles é filme norueguês dirigido e escrito por Tomas Sem Løkke-Sørensen, The Psychics, ou como traduziram na plataforma: “Os paranormais”! Selecionado para ser exibido no Horror-on-sea, na mesma vertente do famoso “The troll hunter” de 2010,, é um filme de baixo orçamento no formato de documentário que gira em torno de uma jornalista que decide pesquisar os paranormais que auxiliam a desvendar os crimes não solucionados em parceria com a polícia. Além de ser interessante e me atrair pelo formato, o enredo não é um best-seller, mas é bem agradável aos olhos de quem assiste, com muitas reviravoltas durante a trama! Para o diretor que se inspirou em filmes como Funny Games e Atividade paranormal expressou com clareza a intenção de gerar a improvisação na atuação fazendo com que não esquecessem do roteiro original e ao mesmo tempo trabalhassem o processo de experimentação para fazer o filme como afirmou o diretor Tomas em uma entrevista para o site “Blazing-minds”!

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Com um elenco não muito extenso formado pelos atores Kirsti Lovas, Frank Thomas Holen Andersen, Oddrun Valestrand, Tomas Sem Løkke-Sørensen, Hannah Karine Giske, Christer Gilje, Tycho Castberg, Torunn Westerfjell e Jennie Sofie Lie Pickl. O filme gira em torno da história da documentarista Camilla e seu filme sobre paranormais e suas habilidades para resolver mistérios criminais usando suas habilidades. Mas a intenção da protagonista muda quando uma vidente que participa das entrevistas encontra pistas sobre o desaparecimento da irmã desaparecida da jornalista a vinte anos atrás. Obcecada para descobrir o paradeiro e o que realmente aconteceu com a garota de 12 anos desaparecida ela começa a investigar os locais e informações fornecidos pela vidente.

A edição ficou bem feita em quadros e enredos bem distribuídos ao longo do filme, mesmo com um orçamento baixo. A trama não traz apenas um vidente, mas dois deles são mostrados no documentário. Ao levar um objeto pessoal da sua irmã desaparecida para a médium entrevistada, Camilla começa a receber informações um tanto quanto precisas sobre a época do desaparecimento e acaba montando uma excursão guiada pela vidente pelos supostos caminhos que o sequestrador e sua vítima passaram até que encontram a trilha investigada na época confirmando a veracidade dos pressentimentos da entrevistada. Mas a coisa não para por ai, apesar de conseguir visualizar com certa clareza o que pode ter acontecido, Astrid (Oddrun Valestrand) avisa que o melhor a fazer é não ir atrás da história e prefere não se envolver mais com o documentário.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé, árvore, atividades ao ar livre e natureza

Estamos falando de um filme de suspense amores, portanto é claro que a irmã desconsolada ignorou completamente os avisos pertinentes da vidente e junto do seu amigo Thomas (Tomas Sem Løkke-Sørensen) parte para a floresta em busca de pistas. O ápice do filme é quando os dois encontram uma cabana no meio do bosque, na propriedade em nome Frank (Frank Thomas Holen Andersen). O lugar a primeira vista não apresenta perigo algum e parece a princípio estar abandonado. Os dois amigos invadem o local e ao investigar os cômodos e pisos começam a ouvir barulhos estranhos como se alguem estivesse ali aprisionado, mas apenas uma porta se abre e fecha, como se eles não estivessem sozinhos no local. O filme tem várias cenas de suspense bem posicionadas e claro causam aquele medo e a vontade de ir até final para ver o que acontece.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé, árvore, atividades ao ar livre e natureza

Bem, como se pode ver no trailer e nas imagens divulgadas pela internet com certeza os fatos e caminhos vão levar a cineasta ao encontro do suposto sequestrador. É nessa hora que você exclama: “Gente, pra que ir atrás disso tudo gente? Isso não vai dar certo!” Logo depois da sua ida ao bosque com seu amigo, a moça é pega de surpresa e ao acordar já está toda amarrada! Bem, não vou me dar o direito de acabar com o brilho da trama que me surpreendeu, mas digo de antemão que me satisfez. Diferente dos formatos padrões de conclusões de filmes desse gênero, Os paranormais traz uma proposta bem mais audaciosa do que o convencional e claro que eu estou escrevendo tudo isso para te atiçar a acessar a Titia Amazon e descobrir o que acontece com Camilla e seu projeto irreverente! Eu amei o que vi e espero que você também goste, e lembre-se, não é um filme nos padrões de suspense norte-americanos que estamos acostumados a ver! Se joga e depois me conta se gostou ou não! #CHCOOBJS #FIQUEEMCASA

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas sentadas

 

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários