{Resenha} Westworld (S03E02) Mais cartas na mesa - Hospicio Nerd

E mais complicações.

Westworld em seu segundo episódio abre mais o já extenso leque de possibilidades para a trama.

No final do primeiro episódio, vimos Maeve (Thandie Newton) em meio a um universo situado na expansão nazista dos nos 30 e 40. Era claro que a hospedeira estava mantida em algum parque com essa temática.

Entretanto, sua expertise não foi apagada e com o auxílio de antigos aliados, ainda na ânsia de reencontrar sua filha, Maeve consegue subverter os conceitos do parque e do que achava ser o mundo real e arquitetar um plano de fuga.

Resultado de imagem para westworld season3 episode 2

(Foto: Fansided)

Ainda assim, vemos que há uma mente superior à da anfitriã, que ainda a está manipulando e anseia descobrir o que ela sabe sobre Dolores (Evan Rachel Wood).

De outro lado, temos Bernard (Jeffrey Wrigth) invadindo as aeras técnicas do parque com o auxílio de Ashley (Luke Hemsworth) na intenção de descobrir mais sob o paradeiro também de Dolores.

Vemos assim o enredo se montando para um trio antagônico. De um lado “Dolola” querendo subjugar a raça humana, de outro Bernard e sua diretriz primordial de ser um antagonista quase natural de Dolores e de um terceiro, Maeve, sendo utilizada pelos humanos como um escudo e uma espada contra a filha de Abernathy.

(Foto: Polygon)

O segundo episódio foi lento, pouco evoluiu a história, mas foi importante para situar Maeve neste tabuleiro, já que é uma anfitriã poderosa e que tem objetivos próprios, alheios à “guerra”, aqui, literalmente.

Também foi eficaz ao mostrar que à despeito da astúcia e letalidade de Dolores e de seus planos, os humanos estão prontos para responder à altura, deixando interessante a premissa da série. Antes podíamos estar pensando em “como” Dolores vai vencer a raça humana, agora, podemos pensar “se” ela realmente o conseguirá.

Entretanto, para preencher o episódio a série precisou dar pequenos easter eggs, como as aparições de Lee, Héctor e Sylvester e até Drogon, o dragão de Daenerys (Emilia Clarke) em Game of Thrones. Esse pequeno eater egg em especial, somado com os itens medievais que estavam no ambiente na cena dá a entender que Westworld pode estar sugerindo que o universo de Game of Thrones é apenas mais um de seus parques.

(Foto: Nerdist)

A ideia é interessante e vai formar teorias, mas certamente não passa de um easter egg, possibilitado apenas pelo final pífio da série fantástica medieval da HBO.

Enquanto isso continuamos no aguardo das novas revelações e como essa história toda vai se encaixar no tempo, pois não se engane, apesar deste episódio dar a entender, certamente não estamos vendo uma linha do tempo linear.

 

 

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários