Falcão e o Soldado Invernal chegou ao seu fim - Vamos conversar sobre esse último episódio. - Hospicio Nerd

MCU no comando!

Falcão e o Soldado Invernal acabou nessa sexta feira e com ele nossas sextas de acordar de madrugada para ver uma produção Marvel, uma atrás da outra.

Confesso que estava demorando para escrever essa resenha na esperança de não disser adeus – sim, sou dramática. Gravei o podcast aqui do site, vi vários vídeos sobre, conversei com amigos, tudo tentando colocar meus pensamentos no lugar. Não que seja um episódio confuso, ou cheio de detalhes, como foi WandaVision, pelo contrário, Falcão e o Soldado Invernal foi bem redondo, sem teorias ou metáforas, foi direto. Então como ele eu serei direta e farei um resumo da sesson finale, com algumas opiniões minha.

Anthony Mackie agradece fãs após final da série do Falcão e o Soldado Invernal - Select Game

Já começamos a série com o ataque em andamento, Sam à caminho e Bucky já no local.

Bucky não só ganhou o perdão de volta como ainda é chamado de Sargento e é liberado para entrar no perímetro e junto com Sharon – que estava disfarçada com o mesmo dispositivo que a Natasha usou em Capitão América – Soldado Invernal –  entra no local na votação, enquanto Sam entra voando, já com o traje de Capitão América mas é atacado pelo Batrok e perde muito tempo com essa luta, além de Bucky que é distraído com uma ligação de Karli, que ligou apenas para dar tempo dos votantes saírem no prédio e ela possa sequestrar eles, já Sharon é a única que age e mata um dos apátridas sem nem pensar duas vezes.

Sam tem uma cena de ação perseguindo um dos apátridas que sequestrou um helicóptero com outros votantes representantes de todos os países, muito bem feita e angustiante.

Já Karli está com a ideia fixa que essa é a única maneira de resolver os problemas dos refugiados mesmo que os outros apátridas aparecerem relutantes, e assim eles sequestram os carro com outros votantes, mas são atrapalhados por Bucky que pela primeira vez recebeu um “muito obrigado” por salvar a vida de alguém. John Walker entra em ação ao chegar e ter uma luta muito boa com a Karli, que foi infeliz em suas palavras ao disser que não queria matar “alguém que não importa” ao se referir do Lemar, o deixando com mais raiva, porém quando ele tem que escolher entre ajudar a salvar as vítimas e ir atrás dele, John faz a coisa certa.

Falcão e o Soldado Invernal derrapa na reta final, mas cruza a linha - NerdBunker

Mais tarde é revelado que de fato Sharon é o mercador do poder mas somente para nós, ela mata Karli, usando a desculpa que ela ia matar o Sam que estava se recusando a lutar com ela. Depois que Bucky e John prende o resto os apátridas, o caminhão com eles explode e vimos que foi a mando de Zemo, que mesmo na Balsa ainda tem a sua influência.

John recebe seu uniforme, muito fiel as Hqs, e Valentina o chama de Agente Americano.

No ponto alto no episódio temos o discurso de Sam, sobre a importância dele estar com o manto que só de estar ali, ele sabe que ofende muitas pessoas, e nem nos tempos que vivemos sabemos o quanto isso é impactante, e Bucky finalmente contando a verdade para o senhorzinho, que foi ele que matou o seu filho, deixando a cadernete com a psicóloga afirmando que zerou a lista de dividas do passado. Finalizamos com Sam levando Isaiah Bradley para o museu do Capitão América aonde finalmente ele tem o seu passado reconhecido – e confesso que eu estava em altas lágrimas nessa hora e com um cena sem falas de Sam com sua família e Bucky enfim feliz, com a logo da série mudando de Falcão e o Soldado Invernal para Capitão América e Soldado Invernal.

Falcão e o Soldado Invernal | Entenda o final da primeira temporada

Temos um cena pós crédito de Sharon recebendo o seu perdão e logo em seguida fazendo uma ligação afirmando que estava dentro e agora todos as armas e secretos dos Estados Unidos estavam disponíveis.

Minhas questões com o episódio: 

Sam perdeu MUITO tempo lutando com o Batrok, um personagem sem a menor importância na série, enquanto todos os apátridas, pessoas com o soro do super soldado se resumiram apenas a Karli.

Sabemos que a série é sobre o Sam se aceitar como e ser o Capitão América, mas achei o Bucky meio avulso nesse último episódio.

Falcão e o Soldado Invernal, ops, Capitão América e o Soldado Invernal acabou e Loki só chega em 11 de Junho, mas o mundo marvel não para e para não perder nada, fica ligado aqui no site que estou planejando várias colunas e não se esquece de seguir o twitter do Hospício Nerd, e o meu instagram, que estou postando vários conteúdos sobre a Marvel.

Karolina Lima – Coordenadora do Twitter e Resenhista e Colunista Marvel

Instagram: @karollima_wtml – Twitter: @canal_wtml

Special Things S2 – Placas Decorativas Personalizadas de Tudo do Universo Nerd e Geek

Instagram: @specialthingss2

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários