Identidade - O racismo dos anos 20 em preto e branco! || Resenha

INHAIMM TUXOS E TUXAS, PRONTOS PARA UM ESTILO CLÁSSICO À MODA ANTIGA?

Mammy lidera quando se trata de irreverência, Identidade estreou no dia 11 de novembro no cardápio e por ser em preto e branco já chamou bastante a atenção dos netflixers. Desde seu lançamento no festival de Sundance em janeiro deste ano, o polêmico filme tem gerado opiniões diversas sobre o tema abordado em sua trama intensa e cheia de verdades vividas em uma sociedade racista dos anos 20 em Nova York.

Se não é para causar nem vale a pena, a obra que trata de tantos dilemas sociais ligados à discriminação tem tudo para ocupar um lugar de sucesso entre os aclamados sucessos da nossa Mammy.

Lembre-se que nós do Hospício Nerd NÃO DAMOS SPOILER e sempre seremos imparciais em sua opinião, você decide se VALE ou NÃO VALE a pena ver o que resenhamos!

Agora vem comigo, prepare seus olhos para um show clássico no melhor estilo dos filmes em preto e branco dos idos anos dourados do cinema!

Pôster: Identidade

Netflix

A identidade de Irene e Clare!

Duas histórias bem diferentes, dois mundos bem distintos se encontram por acaso em local público, de um lado temos Clare (Ruth Negga), a elegante, atraente e ambiciosa mulher negra de pele clara que se passa por branca rica da sociedade durante a década de 1920, ao lado de seu marido racista John (Alexander Skarsgård). Do outro lado, Irene (Tessa Thompson), sua antiga colega da época de escola que também tem a pele igualmente clara, mas é casada com Brian (Andre Holland), mãe de dois lindos filhos e que vive envolvida com a comunidade afro-americana e seus dilemas e movimentos contra o racismo.

Desse reencontro que vai interferir em suas escolhas, as jornadas de ambas entram em um conflito de conceitos e valores, ao mesmo tempo acaba atraindo as duas mulheres e mistura seus mundos, os conflitos de um mundo racista e as várias injustiças sociais dos anos 20 na sociedade norte americana mostrada em uma obra clássica para uma trama que aborda ainda assuntos tão atuais!

Identidade (Passing)

Netflix

O cinema antigo!

A direção e roteiro de Rebeca Hall mostrou o quanto essa diretora de renome se empenhou para trabalhar a delicadeza das imagens para dar vida a trama baseada no livro Passing, que também é o nome original do filme, escrito por Nella Larsen em 1929, já na época um clássico irreverente.

O elenco de ferinhas também conta com Bill Camp, Gbenga Akinnagbe, Antoinette Crowe-Legacy e Doris McCarthy, que simplesmente enriqueceram a obra com suas atuações. Tive a sensação de estar assistindo um clássico antigo, só que com uma diferença, feito com uma qualidade que não existia na época.

O trabalho em conjunto de ambientar a imagem do filme foi feito pela nossa Mammy Netflix que contou com uma parceira de primeira ao lado das empresas Endeavor Content, Forest Whitaker’s Significant Productions, Picture Films e Flat Five Productions, já te digo que essa é uma daquelas produções que merece vários prêmios, quem sabe até mesmo um Oscar, não é mesmo?

Identidade - Ruth Negga e Tessa Thompson

Netflix

Identifique-se no final!

Mesmo com um ritmo mais lento e filmado todo em preto e branco no formato de tela 4:3 que entrega um visual quadrado, bem ao estilo das imagens antigas das TV’s, Identidade carrega uma delicadeza nas cenas que nos leva a entender o quanto todos os envolvidos no projeto se empenharam para detalhar tudo direitinho.

Um espetáculo aos olhos, foi o que eu senti no final do filme, a sensação de dejavú é inevitável para quem já curtiu um cinema retrô cult e ainda gosta de uma boa homenagem aos primeiros tempos do cinema no mundo. Nada mais original do que contar a história de uma época nos remetendo para o modo como eram feitos os filmes naqueles tempos, não é verdade?

Agora que já está ciente, v! Vai lá e confere na nossa Mammy Netflix e depois vem aqui me contar o que você achou meu amor! ADOROOOOO

E aos domingos 14:00 hrs no IGTV do Marmotinha BH tem a LIVE MARMOTANDO com Hospício Nerd!

Pegue as dicas Netflix, Prime Vídeo, Disney Plus, Cabines de imprensa, Masterchef e convidados maravilhosos! #CHOCOBJS

Maxxy Miles – Resenhista

Instagram: @marmotinhabhoficial 

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários