{Resenha} Feliz Natal e Tal - Hospicio Nerd

Fim de ano chega e traz junto dele várias produções natalinas.

Na Netflix não é diferente. A plataforma adicionou vários conteúdos natalinos em sua plataforma e Feliz Natal e Tal está nessa lista.

Merry Happy Whatever é o título original da série, que conta com uma temporada de 8 episódios. Foi lançada em 28 de novembro.

Eu não vi nada sobre a série, nada mesmo. Acho que deveria ter mais divulgação, porque achei bacana. Estava procurando o que assistir e me deparei com a Ashley Tisdale (eterna Sharpay Evans), por curiosidade resolvi ver o que era e além da Ashley, vi que a Bridgit Mendler também estava no elenco (Teddy, de Boa sorte Charlie)… e foi assim que acabei assistindo a série (Disney fã aqui).

Enfim, a série foi criada por Tucker Cawley, de ‘Everybody Loves Raymond’ e ‘Parks and Recreation’ e é estrelada por Dennis Quaid (de “O dia depois de amanhã”, Operação Cupido e várias outras produções).

É um clássico sitcom, com episódios curtos de aproximadamente 25 minutos.

Na trama, Dennis Quaid é Don Quinn, um autêntico patriarca que tenta manter o equilíbrio entre as demandas constantes de sua confusa família e as pressões das festividades de fim de ano. Nesse ínterim, a chegada de sua caçula (Birdgit Mendler) e seu novo namorado tornam a dinâmica familiar ainda mais complicada.

Don é um pai controlador, apegado à tradições familiares e que está de luto pela morte de sua esposa e mãe de seus filhos, que se reúnem na casa do patriarca para comemorar o natal e o ano novo. Vemos construções interessantes de arcos dos personagens, mesmo os coadjuvantes.

É possível identificar a evolução nos personagens, em situações cotidianas, passando por dificuldades, superando barreiras e mudando alguns pensamentos.

Também vemos uma dialética: de um lado a importância da família e suas tradições, e de outro a percepção de características individuais, que mesmo que pareça ir contra ao sentimento de união, na verdade é completude que solidifica ainda mais as relações fraternas.

A série acompanha a família durante uma semana toda, da chegada do natal até o ano novo e tem todos os elementos clássicos de natal que você pode imaginar: busca e troca de presentes, suéteres combinando, coral de igreja, receitas natalinas, montagem da árvore de natal, etc, dando aquela sensação gostosa de festas.

Tem elementos de drama, mas tudo tratado de forma leve, dando prioridade real a comédia. Você pode até se emocionar com algum episódio, mas de um jeito fofinho e suave.

Os personagens são cativantes e cada um possui suas dificuldades, peculiaridades e motivações. A série aborda temas como luto, religião, orientação sexual, casamento, criação de filhos e trabalho. Ressaltando mais uma vez que tudo ocorre de forma leve, de um jeito que te prende e te faz se colocar no lugar de cada um, mas que ainda sim consegue arrancar umas boas risadas!

Eu, que gosto de natal e de sitcoms, gostei bastante. É boa pra passar o tempo, dá pra assistir rapidinho.

Se quer uma dica: pode assistir até mesmo no natal, enquanto espera as comidas da ceia ficarem prontas! Você já estará no clima e com o coração quentinho <3

A série cumpre o que promete e se encerra de forma concisa e satisfatória, mas claro, com espaço para uma próxima temporada.

Até o momento nenhuma informação de renovação foi divulgada, mas como a Netflix não categorizou o título como uma minissérie, podemos ter esperança sobre novos episódios.

E o que esperar de uma segunda temporada? Podemos interpretar a série como antológica e sendo assim, uma próxima temporada pode acontecer no natal seguinte da família, com um salto no tempo e mudanças dos personagens. Lembrando que no final (sem spoilers) a família promete se encontrar no ano seguinte para a comemoração do natal e de um outro evento…

 

Confira o trailer abaixo:

Deixe seu Comentário

  1. JulianaResponder

    Vou assistir pq também adoro coisa de natal