{Resenha} A Maldição da Mansão Bly - Mais que uma história de fantasmas - Hospicio Nerd

Simplesmente esplêndido!

Amanhã, 9 de outubro, estreia a tão esperada série A Maldição da Mansão Bly e nós já tivemos o prazer de assistir. Como de costume, essa resenha não possui nenhum tipo de spoiler, então fique tranquilo.

Precisamos lembrar que apesar da série ser do mesmo criador de A Maldição da Residência Hill, as histórias são completamente diferentes, ok? Então não existe a necessidade de você precisar assistir a primeira história para entender essa, mas mesmo assim super indico assistir ambas, pois são incríveis.

Crítica | "A Maldição da Mansão Bly" é perfeitamente esplêndida

(Divulgação: Netflix)

A Maldição da Mansão Bly é baseada em A Volta do Parafuso, de Henry James, e acompanha Dani (Victoria Pedretti), uma au pair, que se muda para uma mansão em Bly para cuidar de duas crianças: Flora (Amelie Bea) e Miles (Benjamin Evan). Logo de cara você já se encanta pelos jovens e percebe traços interessantes e únicos em cada um deles.

Flora é uma menina doce que faz bonecas a mão e repete o mesmo bordão sempre, já Miles não parece ter a idade que tem por ser tão maduro. Outros personagens também são apresentados no decorrer da trama e eu destaco Hanna (T’nia Miller), a governanta, que muitas das vezes nos deixa intrigado para saber o que está se passando em sua mente.

Não demora muito para entendermos que há algo de errado na mansão e nas pessoas que residem nela, principalmente, em relação as crianças. A expressão facial de Flora e Miles é marcante e comunica tanto a ponto deles não precisarem dizer absolutamente nada.

A Maldição da Mansão Bly” vai se aprofundar em quem são os fantasmas  escondidos que aparecem na série – Categoria Nerd

(Reprodução: Vanity Fair)

Digo de forma tranquila que A Maldição da Mansão Bly é uma série que possui início,meio e fim. De ínicio você pode até ficar meio confuso, mas não se preocupe, pois o roteiro é muito bem amarrado e nos explica perfeitamente cada atitude e acontecimento dali. Fiquei impressionada principalmente com os últimos episódios, mas alerto que é necessário ter paciência, pois a produção pode ser um pouco cansativa para alguns, talvez não sendo tão interessante maratonar no mesmo dia. Se você está preocupado se os acontecimentos em Bly serão tão impressionantes como os de Hill, fique tranquilo, porque Bly merece sua total atenção e reconhecimento. Tenho certeza que depois que você encerrar a série, vai demorar um pouco para digerir todos os detalhes que lhe foram apresentados, e por fim, irá aplaudir.

Tudo funciona, principalmente o elenco. Victoria Pedretti retorna para brilhar e nos deixar ainda mais agoniados, enquanto os outros atores do elenco brilham junto. Como disse no título, A Maldição da Mansão Bly é mais do que uma história de fantasmas. Arrisco dizer que talvez nem seja uma história de fantasmas, e sim, uma história de amor. Um amor que na maioria das vezes não está pronto para partir.

Não posso dar muitos detalhes para não estragar a experiência de vocês, mas peço que assistam. Vocês não irão se arrepender.

Deixe seu Comentário

  1. BiaResponder

    Parece ótimo, vou até assistir.