{Resenha} - Como vender drogas online (rápido) - Que viagem é essa, mermão? - Hospicio Nerd

Eu hein!

‘Como vender drogas online (rapidamente)’ é a nova série da nossa queridinha Netflix. É uma série de comédia com uma pitada de drama alemã criada por Philipp Käßbohrer e Matthias Murmann, compondo apenas 6 episódios (infelizmente) com duração em torno de 25 a 30 minutos em cada episódio.

A série é baseada em uma história real, que aconteceu em Leipzig em 2015, onde um jovem de 20 anos foi preso por vender drogas online diretamente de seu quarto (o que torna a série mais interessante ainda). O enredo nos apresenta Moritz Zimmermann (Maximilian Mundt) e Lenny Sander (Danilo Kamperidis), dois estudantes do ensino médio que são considerados “fracassados” pela falta de popularidade na escola, o que os leva a montar uma empresa que vende drogas online na Europa a fim de? Vá ver a série para descobrir os motivos que os levaram a isso. Não trabalho com spoiler, galerinha hahaha. Só posso dizer a vocês que eles ficam a mercê de um traficante por falta de pagamento e vocês já podem imaginar que confusão isso vai dar, né? (Não é spoiler. Isso foi apresentado no trailer oficial).

Resultado de imagem para como vender drogas rapido netflix

A série aborda transparentemente diversos assuntos que vivemos até hoje: Narcóticos e seus efeitos, relacionamentos, amores não correspondidos, amizade, fama, tecnologia, questões familiares, tráfico, deep web, ser quem você não é para agradar alguém, chuva de likes, etc. É praticamente impossível não se identificar com alguma coisa. NA MINHA OPINIÃO, a série é bem trabalhada e os assuntos abordados são bem interessantes por quebrar certos tabus que ainda existem na nossa sociedade. Ainda não houve a confirmação de uma segunda temporada, mas acredito que possa ocorrer (pelo final do último episódio. Ajuda nós, Netflix). Por ser uma série sobre drogas, a classificação dela é de 18 anos.

Vem dar play nesse lema: “Nerd hoje, chefe amanhã!”

Imagem relacionada

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários