{Resenha} O Mediador – Será que ele vai salvar o dia? - Hospicio Nerd

‘’Recorrendo a influências e manobras para conseguir o que se pretende.’’

Meus Hospicianos, nem tudo está perdido, porque não temos carnaval, mas temos algo melhor, resenha dos conteúdos da nossa queridinha Netflix! Então vem que hoje temos: O Mediador.

Trata-se de um filme de ação que é mais uma obra vinda da Espanha que promete (só promete) fazer sucesso aqui no Brasil. No elenco temos Raúl Arévalo, Paulina García, Candela Peña, Melina Matthews e Jimmy Castro, Luka Peros, Amber Williams, Emilio Buale, John Flanders e Kristof Coenen.

A trama conta a história de Carlos (Raúl Arévalo), advogado de uma grande empresa petrolífera que ao aceitar negociar com um velho amigo que virou sequestrador é forçado a mergulhar fundo no próprio passado. Acompanhando a vida de Carlos, vemos que ele acaba recebendo um pedido um tanto quanto inconveniente, para interceder em nome de um famoso engenheiro norte-americano, que trabalha na indústria do petróleo e foi sequestrado por um grupo armado.

entreterse
Fonte: Entreterse

Pois bem, vamos as considerações que achei sobre o filme (minha opinião hein). Queria muito dizer que se trata de um excelente filme, mas o que vi não chega nem perto disso, porque? Já conto a vocês.
Começando pelo roteiro (Oh my god!), nunca vi algo tão caótico, são inúmeras idas e vindas e a edição em vez de tentar consertar, só piorou, e isso claro, acaba deixando o público, super, hiper, mega perdido. Além de tudo, ele peca muito ao trazer uma enorme quantidade de informação, o que sinceramente, se a intenção aqui era deixar a trama com um resultado mais inteligente e mais fácil de entender e acompanhar, acabou gerando realmente um efeito oposto, já que ele cansa rápido demais, fica dando voltas e mais voltas em torno de que? De nada!
E o pior de tudo é que, como vocês sabem adoro uma reviravolta, mas aqui simplesmente não funcionou, o que vi foi um emaranhado de reviravoltas, que na verdade foram super mal desenvolvidas dentro da história (uma pena mesmo).

entreterseFonte: Entreterse

Pois é meus caros, infelizmente para mim foi uma experiência bem chata, repetitiva e muitooooo maçante! Uma pena mesmo, porque eu estava até com boas vibrações em relação a ele, já que se tratava de uma obra superestimada da Netflix.
Se vocês desejam fazer um teste de paciência, então recomendo que assistam ao filme, mas senão, nossa queridinha tem títulos bem melhores para passar o feriadão.

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários