{Resenha} O Mundo Sombrio de Sabrina - Amaldiçoado seja! - Hospicio Nerd

Sem spoiler!!

Finalmente uma das séries que mais me deu hype estreou e cara, foi por pouco, quase conseguiu atingir as minhas expectativas, com um enredo bem ajustadinho, episódios ligados uns aos outros, e com uma mistura de graça e terror que é viciante, se você se lembra de Sabrina, Aprendiz de Feiticeira, não tente comparar as duas séries kk o mundo sombrio é exatamente isso, com muita exaltação ao capeta!

Resultado de imagem para o mundo sombrio de sabrina

Nos primeiros episódios vemos que Sabrina é uma bruxinha prestes a completar seus 16 anos e passar pelo Batismo Negro, onde juraria sua lealdade ao capeta, que na série é chamado de “Senhor das Trevas”, ela ficou órfã depois que seu pai bruxo e sua mãe humana morreram em um acidente de avião, desde então ela foi criada pelas tias Zelda e Hilda, que não são nem de longe tão divertidas como a da série Aprendiz de Feiticeira, além das duas também temos o primo dela, Ambrose, juntos eles vivem em uma casa funerária. Sabrina está em um dilema, já que realizar o bastimo e assinar o livro significaria deixar para trás seus amigos, namorado e escola e ir se juntar à Academia das Artes Invisíveis, uma Hogwarts de bruxos das trevas saca? kkk e a série deixou bem claro que todos os bruxos e bruxas ali são beeeeeem das trevas mesmo!

Resultado de imagem para o mundo sombrio de sabrina

Para mostrar que o tom da parada é sombria mesmo, temos muitos “amaldiçoado seja” aqui e ali, além é claro de conhecer a Igreja da Noite, liderada pelo Padre Blackwood, um personagem que tinha de tudo para ser o vilão, mas que teve uma historinha secundária muito pelas coxas que acabou o deixando um tanto quanto caricato. Também tivemos a presença de um Salém bem diferente, na série ele era um bruxo que tinha sido condenado a viver em forma de gato certo? Pois é, nesse novo universo da bruxinha ele é um “familiar”, que são duendes que vivem em forma de animais junto com um bruxo mestre, e até que é bem interessante ver a ligação que essas criaturas tem pelos seus bruxos, como o fato de só falarem por pensamento, ou seja, o Salém aqui só fala miau mesmo! Mas algo que acontece no último episódio pode ser o sinal de que isso mudará na segunda temporada.

Resultado de imagem para o mundo sombrio de sabrina Salém

Uma grata surpresa foi a presença de Michelle Gome mais conhecida por viver a Missy em Doctor Who, que aqui é uma professora / bruxa / demônio / fdp! Que manipula a bruxinha adolescente ao seu bem querer. A série não foca nos sustos, apesar de ter um ou outro jumpscare perdido aqui e ali, e ao decorrer da trama a gente acaba pecando algumas referencias do sobrenatural, como vampiros, limbo, fantasmas, sensitivas e até exorcismos! E alguns detalhes que não sei se foram de propósito se destacaram aos meus olhos, como uma ambulância bem semelhante a de um certo grupo de Caça Fantasmas aí. Uma coisa bem legal foi ver a “diferença” entre a vida bruxa e humana da Sabrina, coloquei a palavra entre aspas pq a única diferença entre a escola humana e a sobrenatural é o lance do poder, o bully, as patricinhas, os galãs são basicamente a mesma coisa.

O lance de cada episódio começar exatamente de onde o anterior terminou foi uma decisão sensacional, até parece que estava vendo um filme gigante já que cada episódio tem quase uma hora de duração, a fotografia também era muito sombria o que ajudou a dar o tom de terror da série, mas tem uma coisa que me irritou bastante, a construção da personalidade da Sabrina foi construída de uma maneira bem bacana, com sua rebeldia contra as regras de seu Coven, com o lance de não querer perder sua liberdade em troca de poder, a indignação com alguns conceitos e tradições de sua Igreja do capeta, e quando chegamos no décimo episódio onde era a hora de colocar a força de vontade dela à prova, pufff!! Eu e minha esposa terminamos de ver as 03:00hrs da matina, e no final só falamos o seguinte:

“Foi boa até agora e teve um final bosta!”

Pode até ser que pegamos pesado em falar isso, mas o que aconteceu nos irritou bastante mesmo kk, a gente já tinha noticiado que teremos uma segunda temporada, palavras da própria Sabrina, a dona Netflix tem esse lance de lançar algumas séries em parte, no anúncio da série lá no serviço está escrito “Parte um”, o que deixa a dúvida se ano que vem teremos a parte dois da primeira temporada ou se será logo a segunda temporada. O Mundo Sombrio de Sabrina é uma boa pedida para uma maratona, e fiquei curioso para descobrir o que vem por aí, mesmo não tendo gostado do desfecho da história.

Resultado de imagem para o mundo sombrio de sabrina

No fim das contas a série é bem divertida, e que cada episódio te instiga a ver o próximo graças ao lance de continuar no mesmo ponto, minha nota para a série é QUATRO FLAVITOS, seria três mas foram nove episódios e meio bem legais e com poucas reclamações =D

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários