{Resenha} Procura-se um pai – Alguém se habilita? - Hospicio Nerd

Olha eu aqui de novo meus caros hospicianos!

E hoje vamos lembrar um pouco dos nossos momentos de sessão da tarde, quer saber como? Vem ler que eu te conto.

A mais nova aposta da Netflix é a comédia/drama de família: Procura-se um pai. O filme que é uma produção mexicana vem recheado de atores famosos no México (claro), e dentre eles o mais conhecido está Juan Pablo Medina, que faz o papel do pai de aluguel, Alberto.

No longa vamos acompanhar a história de Blanca (Natalia Coronado), a filha única de uma cineasta bem sucedida, interpretada por Silvia Navarro. A garota tem doze anos e apaixonada por corridas de bicicleta, porém, é proibida de participar por conta de um acidente que aconteceu com seu pai e acabou levando-o a óbito. Porém, no momento em que uma grande competição surge, ela faz de tudo para participar. Por fim, acaba contratando um ator para interpretar seu pai (Alberto) e inscrever-se no concurso. Mas por conta de um trauma relacionado ao seu trabalho, ele se recusa a ajudar Blanca de início. No entanto, a garota acaba ganhando sua confiança e vemos uma verdadeira relação de pai e filha surgir entre uma garota órfã de pai e um pai órfã de sua filha.

netflix
Fonte: Netflix/Divulgação

O filme mexicano é um desses exemplos de uma comédia que é pensada para toda a família, pois depois que se assiste percebe-se que a proposta dele é realmente essa: divertir, mas também temos um pouco de drama de família, porém ele trata esse drama de forma leve, bem interessante e consegue de fato afetar o nosso emocional (chorei horrores).
O que lhes digo é que o filme merece seu tempo, ele é leve, gostoso de assistir e além de tudo é interessante e vai te trazer um envolvimento emocional. É sim uma ótima opção para uma sessão em família.

Uma dica: Sem dúvidas, é um título daqueles que a gente chora no final, então peguem os lencinhos e vão logo assistir!

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários