{Resenha} Stranger Things - Lá e de volta outra vez!! - Hospicio Nerd

Sem Spoiler!!

E enfim chegou o terceiro ano da série, e cara como essas crianças cresceram!!! Achei tão estranho o visual deles, seus corpos e rostos não combinaram em nada com o visual, isso no caso dos meninos é claro, se bem que tanto o Dustin quanto o Lucas estão mais altos porém continuam bem parecidos, já o Mike e o Will… bom, antes de mais nada vale dizer que essa resenha não tem spoiler e que retrata única e exclusivamente a minha opinião!! E cabe dizer que não vou explorar muito a parte monstruosa não, quero falar do que mais chamou minha atenção, claro que o terror esteve presente de uma maneira muito bem feita, mas o enredo que levou a isso foi tão foda que chega a emocionar! Dito isso bora resenhar!!!

Resultado de imagem para Stranger Things 3 temporada dustin gif

Um ano após fechar o portal e deixar o Devorador de Mentes para trás, as nossas crianças que já não são tão crianças assim, aproveitam para curtir o verão, mas eles não curtem como na primeira temporada onde ficavam no porão jogando D&D, a Onze e o Mike começam a curtir como dois adolescentes apaixonados que não se cansam de beijar, coisa que deixa o Hopper maluco!! E a interação pai e filha que ele tem com a onze não foi tão explorada como no ano anterior mas continua muito presente. Outro relacionamento que está bem presente é da Onze com a Max, finalmente vemos as duas meninas do grupo agindo como amigas!

Imagem relacionada

Will continua sendo destaque coitado, no primeiro ano ele ficou preso do Mundo Invertido, no segundo foi possuído e agora tem que segurar uma vela danada, ele está naquela fase conturbada de auto descobrimento, aquela transição entre a infância e a adolescência, seus outros amigos Lucas e Mike já estão completos na fase adolescente com suas namoradas, Dustin por outro lado é a minha versão jovem kkk pode ter 10 ou 100 anos que vai continuar sendo o mesmo Nerd!!! E vale falar aqui que a amizade mais forte da temporada foi sem dúvidas a de Dustin com o Steve! Cara essa dupla é sensaciofoda, e nesse terceiro ano eles tem companhia em suas aventuras, Erica irmã de Lucas e a novata Robin.

Billy dessa vez tem muito mais destaque, até pq ele acaba sendo possuído pelo Devorador de Mentes, e com isso temos a chance de conhecer um pouco mais sobre o valentão irmão da Max, em alguns momentos você até sente pena do bad boy, já Nancy continua esbarrando nas coisas e levando Jonatham junto, os dois são os primeiros a investigar as novas estranhezas que estão chegando em Hawkins, Hoppe e Joyce também estão esbarrando nas coisas, a criação de algo entre os dois já está sendo construída desde o primeiro ano da série e agora dá uma bela intensificada.

Resultado de imagem para Joyce and Hopper terceira temporada gif

Mesmo tendo um arco inteiro para focar nas questões sentimentais da turma, Stranger Things não viveria sem monstros e referências nê? Estamos no ano de 1985, inicio da Guerra Fria e claro que ela estaria presente nê? Corrida espacial? Que nada, bora ter uma Corrida Inter Dimensional, vamos ver quem consegue abrir um portal para novos mundos primeiro, se bem que nesse caso os americanos conseguiram nê? Hehe, em 85 também tivemos a chegada de “De Volta para o Futuro” nos cinemas, além é claro do primeiro Exterminador do Futuro que ganha um personagem beeeeeem parecido na série, um russo bem sinistro, e vale falar que a dublagem acertou em cheio ao escalar o Garcia Júnior para ele kkk

Resultado de imagem para Stranger Things 3 temporada gifs

E o arco dos vilões Russos, criou a melhor equipe até hoje, Erica, Dustin, Steve e Robin que trabalharam separadamente e sem conhecimento algum com Hopper e a Joyce, as outras crianças junto com Jonathan e Nancy ficaram com o arco monstruoso da coisa, apenas nos episódios finais todas as histórias se unem para um desfecho que não só fez os olhos suarem como também deixou um baita de um gancho para o quarto ano da série. Não sei se tivemos algum coadjuvante nesse novo ano, todos os personagens tiveram grandes evoluções assim como a série que brincou muito com as cores e teve uma cena musical sensacional que devo ter visto umas dez ou doze vezes até o momento em que escrevi essa resenha!

Resultado de imagem para Erica, Dustin, Steve e Robin gif

No fim das contas, esse terceiro ano só veio provar que Stranger Things é uma série para entrar para a história, com seu roteiro bem escrito que leva a história do divertido ao sombrio com um tom suave que chega a ser poético, a nostalgia continua forte e o carisma dessa turma continua nos prendendo a cada segundo. Sem dúvidas dou CINCO FLAVITOS DO MUNDO INVERTIDO para esse terceiro ano e espero que em breve possamos ter a quarta e possível última temporada para concluir essa história que tem sido sensacional até aqui!

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários