{Resenha} O Mundo Sombrio de Sabrina - O fim! (Supernatural mandou um alô!) - Hospicio Nerd

Culpa do roteirista!

Sim meus caros malditos, e chegou a hora da resenha da última temporada dessa série que por um tempo foi uma das minhas queridinhas, isso mesmo, a primeira temporada foi muito legal, mesmo que o final tenha sido bem ruim! A segunda temporada também foi bem legalzinha mas teve umas coisas bem chatas e enjoadinhas, mas ainda mantinha a boa qualidade! Mas aí veio a fatídica terceira temporada cuja resenha até foi evaporada do nosso site! O enredo foi muito bagunçado e o roteiro passou longe de ser interessante, fazendo com que a temporada ficasse massante e chata pá boss! Então não foi surpresa que o cancelamento veio um pouco depois, e cara, essa última temporada foi bem divertididinha, lembrando que essa é a MINHA opinião, todas as palavras aqui escritas, descrevem apenas o MEU ponto de vista, não estou aqui para dizer o que é bom e o que não é, dito isso, bora resenhar!

Foto

Copyright Diyah Pera/Netflix

A temporada final foi tudo o que a terceira deveria ter sido, episódios divertidos que me fizeram relembrar dos dois primeiros anos da série, e o mais legal foi uma brincadeira com algo que Supernatural fazia muito bem, a metalinguagem, coisa que levou o velho nerd aqui a uma nostalgia danada de uma certa série de comédia que passava na tv, onde tinha tinha um gato de pelúcia falante e três bruxinhas que moravam em uma mansão. E honestamente o episódio onde esse fato acontece até parecia ter sido gravado após o cancelamento já que algumas “piadinhas”, foram ao meu ver uma bata indireta bem direta no queixo do roteiro do ano passado, que sem dúvidas fez a série perder público e claro, ser cancelada!

Foto Beth Broderick, Caroline Rhea

Netflix

Também tivemos um desfecho para os acontecimentos da temporada anterior, o lance das duas Sabrinas, cara eu fico pensando, se tivessem trabalhado melhor naquele roteiro as coisas poderiam ser beeeeem diferentes. A brincadeira com os cultos religiosos foi bem interessante, dando aquela navegada em mitologia grega e romana, e aqui cabe falar uma coisa, já repararam como ninguém reclama de qualquer piada ou zoeira com religiões mortas? Interessante nê? Bom, mesmo com a história sendo bem divertida, teve alguns momentos de pura encheção de linguiça, não chega a ser um problema nem nada, e mano, como teve choro nessa temporada! Acho mesmo que gravaram depois de saber do cancelamento, qualquer coisa que acontecia, geral estava com o olho cheio de água!

Foto Gavin Leatherwood, Jaz Sinclair, Jonathan Whitesell, Lachlan Watson, Ross Lynch

Diyah Pera/Netflix

Uma das coisas que me irritou foi o jeito que a Sabrina estava agindo no primeiro e segundo episódios, um lance muito enjoado, mas por outro lado, tivemos o retorno ao terror com o episódio seis que foi simplesmente sensacional! Com direito a rock in roll, e um Lúcifer diferentão dublado pelo nosso querido e amável Guilherme Briggs, e temos que falar desse capetão, que em um mesmo episódio se mostrou um bobão e um puta sangue ruim, e cara, tivemos uma cena com a Lilith que arrepiou até o cabelo no nariz! Mas que pena que os roteiristas se esqueceram de dar alma para série na terceira temporada nê?

Foto Luke Cook, Michelle Gomez

Diyah Pera/Netflix

No fim das contas tivemos uma temporada é divertidinha, mesmo tendo um final que tentou ser emocionante mas passou bem longe disso, e de fato foi agravado pós cancelamento já que teve um final fechado, a série tinha muito potencial e um universo gigantesco para ser explorado, tanto no reino da Terra, infernal ou celestial! E cara, tenho que destacar que houve momentos que parecerem muito com certas coisas que aconteceram em Supernatural, coisas que parecem ter sido tiradas de lá mesmo! Bom, foi bom enquanto durou, mas as consequências da terceira temporada estão aí, dou quatro Flavitos para essa quarta e última temporada, ja qur teve uma cena específica  que me fez chorar, maldito seja!

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários