Tem Alguém na Sua Casa - E pouco slasher nas cenas! || Resenha

INHAIMMM TUXOS E TUXAS, SÓ ACHO QUE DEVERIA TER MAIS MORTES E MAIS SANGUE!

Mammy trouxe para o cardápio, no último dia 06 de outubro, o terror slasher Tem alguém na sua casa, o que era para ser assustador, acabou sendo água com açúcar e uma dose moderada de sangue. Mesmo assim, acredito que o filme deva conquistar uma parte do público com a presença de uma das atrizes que fez seu nome por participar da icônica série The Walking Dead, mas, nem tudo faz sucesso por ponte, não é verdade? Vem comigo e vamos entrar na casa dessa galerinha pra causar medo e entender o que está rolando!

E não se esqueça que nós do Hospício Nerd NÃO DAMOS SPOILER e sempre seremos imparciais em sua opinião, você decide se VALE ou NÃO VALE a pena ver o que resenhamos!

Se você tem algum segredo, guarde a sete chaves, se esse psicopata descobrir o seu,, provavelmente vai receber uma visita indesejada em sua casa!

Tem Alguém na Sua Casa || Resenha

Netflix

Alguém entrou na sua casa

Makani Young (Sydney Park), é uma adolescente que acaba de se mudar para a cidade de Nebraska para morar com sua avó e consequentemente é a mais nova aluna do último ano do ensino médio e ela já possui sua turma de amigos, que estão em contagem regressiva para a formatura. O que ninguém esperava é que o aluno Jackson (Markian Tarasiuk) que faz parte do time de futebol americano do Colégio Osborne, é assassinado e seu segredo é enviado em vídeo para todos. Depois disso Makani e seus colegas passam a ser perseguidos por um assassino mascarado. Que além de caçá-los, tem a intenção de expor seus segredos mais sombrios para a cidade inteira. Ela vai se unir a Oliver (Théodore Pellerin), Alex (Asha Cooper), Zach (Dale Whibley), Darby (Jesse La Tourette), Rodrigo (Diego Josef) e Caleb (Burkely Duffield) para desvendar esse mistério.

Cada um deles tem um passado misterioso, todos vão ter que dar um jeito de desmascarar o assassino antes que acabem recebendo uma visita indesejada em suas casas!

Amores, se não fossem as longas sequências romantizadas da trama eu diria que o filme teria ganhado meu coração de forma avassaladora!

Tem alguém na sua casa

Netflix

A técnica que já estava dentro da casa

Meus queridos netflixers de plantão, nem tudo ficou perdido, ao menos as cenas que mostram os corpos. Ou melhor, a obra de arte do vilão. Elas  ficaram muito boas, ao menos foi isso que eu mais gostei. A trilha sonora também me agradou muito. Além disso, prefiro um ritmo mais frenético nesse gênero. Gosto quando as sequências de sustos e mortes não são longas e claro, começam a acelerar, o que eu chamo de trama progressiva acelerada. Não vou falar nada sobre o final, acredito que cada um vai ter uma visão. Na minha visão queria um pouco mais, aquele desfecho que te deixa puto da vida ou que te deixa com novas expectativas!

De cara é mais um filme de adolescentes sendo mortos por um mascarado, nada de comum, por sinal bem clichê. Mas, pode não cair no gosto dos veteranos, mas tem grandes chances de agradar essa geração mais nova que curte um slasher romântico. O diretor Patrick Brice abraçou a ideia bem parecida com os slashers que já estamos acostumados a ver, uma mistura de lenda urbana com o trabalho de psicopata. O roteiro de Henry Gayden é uma mistura de Pânico com Eu sei o que vocês fizeram no verão passado, a ideia não ficou ruim, só acho que deveria ter mais mortes, mais sangue e menos água com açúcar. A Netflix contou com parcerias de nome para sua produção, 21 Laps Entertainment e Atomic Monster são as responsáveis pelos erros e acertos do filme.

O elenco escolhido por Rich Delia foi acertado, o pessoal é bom de serviço nas atuações, o que me resta dizer que realmente a trama é quem deveria ser melhor. Mas a montagem de Michel Aller ao lado da fotografia de Jeff Cutter abrilhantam as sequências, acredito que esse foi o motivo principal que me levou ver tudo. Se Dan Cohen da produção tivesse investido mais em sustos e sangue, com menos sequências melodramas, talvez pudesse agradar mais os fãs, ele poderia ter dado uma olhada em Rua do Medo para se identificar um pouco!

Agora que já está ciente, fique atento antes de entrar em casa, dê uma olhada ao redor para não dar de cara com um mascarado encapuzado com uma faca na mão em sua sala! Vai lá e confere na nossa Mammy Netflix e depois vem aqui me contar o que você achou meu amor! ADOROOOOO

E aos domingos 14:00 hrs no IGTV do Marmotinha BH tem a LIVE MARMOTANDO com Hospício Nerd!

Pegue as dicas Netflix, Prime Vídeo, Disney Plus, Cabines de imprensa, Masterchef e convidados maravilhosos! #CHOCOBJS

Maxxy Miles – Resenhista

Instagram: @marmotinhabhoficial 

Deixe seu Comentário

Este artigo não possui comentários